Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8367
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorJerónimo, Carmen de Lurdes Fonseca-
dc.contributor.advisorChaves, Raquel Maria-
dc.contributor.authorSalgueiro, Bárbara Denise Vilela-
dc.date.accessioned2018-04-04T16:05:29Z-
dc.date.available2018-04-04T16:05:29Z-
dc.date.issued2018-01-02-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10348/8367-
dc.description.abstractOs tumores de células germinativas testiculares (TGCTs) constituem um grupo heterogéneo de neoplasmas, afetando na maioria homens em idade jovem. As taxas de cura são elevadas e o tratamento adequado depende de uma avaliação clínica e patológica que seja cuidadosa e precisa. De fato, a subtipagem histopatológica dos TGCTs é um ponto crítico para uma decisão terapêutica adequada. Considerando a limitação dos biomarcadores de soro atualmente disponíveis, foram propostos novos candidatos, principalmente o miR-371a-3p, que superou os marcadores de soro clássicos, contudo não existe informação detalhada relativamente ao perfil de expressão nos vários subtipos de TGCTs. Deste modo, avaliamos os níveis dos níveis de expressão do miR-371a-3p nos vários subtipos de TGCT usando uma coorte consecutiva de amostras de tecido testicular. Após o isolamento do RNA e síntese de cDNA, os níveis de expressão do miR-371a-3p foram avaliados em 154 amostras de tecido de TGCT e em 15 tecidos não-tumorais por PCR quantitativo em tempo real (RT-qPCR). A fim de gerar uma curva padrão para a quantificação relativa e verificar a eficiência do PCR, o cDNA do RNA total de referência humano (Agilent, EUA) foi utilizado e, para a normalização, o RNU48 foi utilizado como um gene de referência. O miR-371a-3p discriminou tecidos tumorais de tecidos controlo com alta sensibilidade e especificidade (AUC = 0,99). Além disso, os seminomas apresentaram níveis mais elevados de expressão do miR-371a-3p em comparação com amostras de TGCT não-seminomatoso, revelando também diferenças significativas entre eles. Contudo, os TGCTs pré-púberes apresentaram níveis mais baixos de expressão do miR-371a-3p do que TGCTs pós-púberes. Globalmente, os níveis de expressão do miR-371a-3p diminuíram em paralelo com a diferenciação celular progressiva. Concluímos que o miR-371a-3p é específico para TGCT e pode ser clinicamente útil para a deteção precoce e monitorização desta doença oncológica.pt_PT
dc.description.abstractTesticular germ cell tumors (TGCT) are heterogeneous group of neoplasms, mostly affecting young men. Curability rates are high and adequate treatment relies in careful and accurate pathological and clinical assessment. Indeed, TGCT histopathological subtyping is critical for adequate therapeutic decision. Considering limitation of currently available serum biomarkers, novel candidates have been proposed, most notably miR-371a-3p, which outperformed classical serum markers, but no detailed information concerning TGCT subtype was available. Thus, we carried out evaluation of miR-371a-3p expression levels among TGCT subtypes using a consecutive cohort of tissue samples. After RNA isolation and cDNA synthesis, miR-371a-3p expression levels were measured in 154 tissue samples of TGCT and in 15 non-tumoral tissues by real-time quantitative PCR (RT-qPCR). To allowed generation of a standard curve for relative quantification and ascertain PCR efficiency cDNA from total Human Reference RNA (Agilent, USA) was used and for normalization RNU48 was used as a reference gene. MiR-371a-3p discriminated TGCT from control tissues with high sensitivity and specificity (AUC=0.99). Furthermore, seminomas displayed higher miR-371a-3p expression levels compared to nonseminomatous TGCT, which also disclosed significant differences among them. Nonetheless, prepubertal TGCT depicted lower miR-371a-3p expression levels than postpubertal TGCT. Globally, miR-371a-3p expression levels decreased in parallel with progressive cell differentiation. We concluded that miR-371a-3p is TGCT-specific and it might be clinically useful for early detection and disease monitoring.pt_PT
dc.language.isoengpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.subjectTumores de células germinativas testicularespt_PT
dc.subjectmicroRNAspt_PT
dc.subjectbiomarcadorespt_PT
dc.subjectmiR-371a-3ppt_PT
dc.subjectpós-púberespt_PT
dc.subjectpré-púberespt_PT
dc.titlemiR-371a-3p as a tool for subtyping Testicular Germ Cell Tumorspt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
Appears in Collections:DGB - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Final_ Barbara-FEB2018mbCJ.pdf2,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.