Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8405
Title: Da exclusão severa à reinserção? Um estudo de caso aprofundado do quotidiano de vida de um cidadão pós-reclusão
Authors: Almeida, Diana Patrícia Carvalho
Advisor: Ribeiro, Fernando Bessa
Keywords: Estudo de caso alargado
reinserção social
reclusão
ex-recluso
Issue Date: 15-Feb-2018
Abstract: O objetivo da presente investigação é conhecer e compreender o modo como um ex-recluso perceciona os efeitos provocados pela exclusão na sua vida e o processo de reinserção social. Pretende ainda captar o significado atribuído pelo indivíduo à exclusão como ato de rotulagem e estigmatização social, bem como, a perceção do mesmo relativamente à eficácia da reinserção social e o seu impacto na sua vida. Para um maior suporte da observação empírica, ao longo de toda a investigação foram abordados e analisados conceitos como crime, comportamentos desviantes, prisão, exclusão, reinserção e toxicodependência. Como é que o ex-recluso perceciona o efeito da reclusão na sua vida? Qual o impacto da prisão nas relações familiares, na sociedade e no mercado trabalho? Como perceciona a reinserção social? Estas são algumas questões que fui tentando responder ao longo da investigação com o auxílio da metodologia qualitativa, nomeadamente a entrevista semiestruturada ao objeto, seguindo o fixado pelo chamado estudo de caso alargado. No decorrer da investigação foi percetível que, segundo o ex-recluso, a reinserção social modelada na lei penal portuguesa não passa da teoria, não se verificando a mesma na prática uma vez que após a saída do ex-recluso da prisão este fica à sua mercê não tendo quaisquer tipos de orientação ou ajuda. Numa face preliminar, quando tentei estabelecer contacto com o Estabelecimento Prisional de Vila Real, esta mesma ideia me foi passada por uma guarda prisional, que referiu: “Reinserção Social? Isso não existe”.
The presente investigation aims to know and understand how a former ex-prisoner perceives the effect of the exclusion in his life and the process of social reinsertion. It also seeks to capture the meaning attributed by the individual to exclusion as an act of labeling and social stigmatization, as well as the perception of the same regarding the effectiveness of social reintegration and it`s impact on his life. For more support of empirical observation, over throughout the investigation, concepts such as crime, deviant behavior, imprisonment, exclusion, reintegration and addiction were approached and analyzed. How does the ex-prisoner perceive the effect os seclusion on his life? What is the impact of prision on family relationships, society and the labor market? How do you perceive social reintegration? These are some questions that I have been trying to answer throughout the investigation with the help of the qualitative methodology namely the semi-structured interview to the object, following the so called extended case study. In the course of the investigation, according to the former prisoner, the social reintegration modeled Portuguese criminal law is no more than theory, and it is not verified in practice since, after the ex-prisoner`s release from prison, he remains alone, without and kind of guidance or help. On a preliminar note, when I tried to establish contact wiht the prison of Vila Real, this same idea was passed to me by a prison guard, who said: “social Reinsertion? That does not exist”.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8405
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DESG - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese final.pdf1,27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.