Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8411
Title: The effects of a reaction time and eye-hand coordination training in youth players
Authors: Carvalho, Márcio André Araújo
Advisor: Leite, Nuno Miguel Correia
Keywords: Velocidade de Reação
Coordenação Óculo-manual
Capacidades Desportivas
Jovens Atletas
Issue Date: 9-Feb-2018
Abstract: Formas alternativas para desenvolver o potencial dos atletas, como o treino da velocidade de reação (RT) e da coordenação óculo-manual (EHC) têm aumentado nos últimos anos, com o objetivo de alcançar novos e, cada vez mais elevados, níveis de performance. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia de um programa de treino de velocidade de reação e de coordenação óculo-manual em diferentes parâmetros de desempenho físico de jovens atletas. Vinte e dois atletas (11-17 anos de idade) com diferentes proveniências desportivas foram divididos em dois grupos, grupo experimental (EG, n = 11) e grupo controlo (CG, n = 11). Durante um período de 12 semanas, os atletas de ambos os grupos mantiveram os seus planos de treino habituais, no entanto, aos atletas do grupo experimental foram adicionadas duas sessões de treino de RT e EHC com duração de 15 minutos cada uma. Qualidades físicas como o equilíbrio dinâmico dos atletas, velocidade do movimento dos membros superiores, agilidade, agilidade reativa, a aceleração e a velocidade de corrida foram avaliadas antes e depois do programa experimental ter sido posto em prática. Após o período experimental, melhorias prováveis foram verificadas no teste de velocidade dos membros superiores (EG, tamanho do efeito [ES]: -6,0; ± 5,8; CG, ES: -3,9; ± 4,2) em ambos os grupos. Para além disso, o EG também mostrou prováveis melhorias nos 10 metros iniciais do teste de sprint (ES: -2,6; ± 2,5) e melhorias prováveis na capacidade de equilíbrio dos atletas (direção anterior (perna direita, ES: 5.4; ±4.3; perna esquerda, ES: 4.0; ±3.5); direção posteromedial (perna direita, ES: 6.6; ±2.1; perna esquerda, ES: 8.0; ±3.1; e direção posterolateral (perna direita, ES: 10.7; ±4.2; perna esquerda, ES: 14.6; ±5.0). Assim, este programa de 12 semanas de treino levou a melhorias significativas na velocidade de aceleração e nas capacidades de equilíbrio dinâmico de jovens atletas com diferentes antecedentes desportivos. Neste contexto, os treinadores de atletas jovens podem usar esta metodologia de treino para reduzir o risco de lesões e obter ganhos importantes na performance dos seus atletas.
Alternative ways to develop athletes’ potential, such as Reaction Time (RT) and Eye-Hand Coordination (EHC) training has been increasing in recent years, with the aim to achieve new performance levels. The purpose of this study was to evaluate the effectiveness of a reaction time and eye-hand coordination training program on different physical performance parameters of young athletes. Twenty-two athletes (11–17 years old) from a different sport background were assigned into an experimental group (EG, n = 11) and a control group (CG, n = 11). Over a 12-week period, both groups continued their usual specific training, but the EG added twiceweekly 15-minutes of RT and EHC training sessions. All players’ dynamic balance, limb movement velocity, agility, reactive agility, acceleration and running speed were assessed before and after the experimental program. Following the training, likely improvements in plate taping (EG, effect size [ES]: -6.0; ±5.8; CG, ES: -3.9; ±4.2) were found in both groups in comparison to pre-test results. In addition, EG also showed likely enhancements in the 10-m sprint test (ES: -2.6; ±2.5), and a likely and most likely improvements in balance capacity (anterior direction (right leg, ES: 5.4; ±4.3; left leg, ES: 4.0; ±3.5); posteromedial direction (right-leg, ES: 6.6; ±2.1; left-leg, ES: 8.0; ±3.1; and posterolateral direction (right-leg, ES: 10.7; ±4.2, moderate; left-leg, ES: 14.6; ±5.0, large)). Therefore, 12-week of RT and EHC training lead to meaningful improvements in acceleration speed and dynamic balance capacities of young athletes with a different sport background. In this context, youth sport coaches can use these training methodologies to reduce the risk of injury and elicit important performance gains on their athletes.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8411
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DCDES - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Márcio Carvalho - Versão final.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.