Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/8503
Título: Cancro da Próstata em ratos: determinação de biomarcadores após a realização de exercício físico em tapete rolante
Autor: Ribeiro, Milene Vanessa Rodrigues
Orientador: Oliveira, Paula Alexandra Martins de
Palavras-chave: biomarcadores
cancro
Data: 14-Fev-2018
Resumo: O cancro da próstata é um dos cancros mais frequentes entre os homens em todo o mundo. Este trabalho teve como objetivos acompanhar a indução de cancro da próstata, no modelo animal rato macho Wistar e perceber qual a interferência do exercício físico na sua evolução, com recurso à determinação de biomarcadores: IL-6, PCR, TWEAK, miostatina e VEGF. Para atingir os objetivos foram utilizados 39 ratos machos da estirpe Wistar Unilever, divididos por quatro grupos: grupo I, composto por 9 animais controlo/sedentário; grupo II, composto por 10 animais induzido/sedentário; grupo III, composto por 10 animais controlo/exercitado; grupo IV, composto por 10 animais induzido/exercitado. Os grupos II e IV foram submetidos a 28 semanas de exercício num tapete rolante, com início às 8 semanas de vida. A indução do cancro da próstata iniciou-se às 12 semanas de idade nos grupos I e III, recorrendo à administração da flutamida durante 21 dias seguidos, de seguida administrou-se proprianato de testosterona, depois seguiu-se a administração do agente carcinogénico N-metilN-nitrosureia (MNU) e por último procedeu-se à colocação de implantes de testosterona na região interescapular dos animais. O acompanhamento aos animais foi realizado diariamente, a pesagem da sua massa corporal foi realizada quinzenalmente e a pesagem da água e da comida semanalmente. O sacrifício dos animais foi realizado às 20 semanas após a administração da MNU, foi realizada uma necropsia completa a cada animal com a recolha dos seus órgãos e sangue e posterior congelamento do soro para determinação dos biomarcadores (IL-6, PCR, TWEAK, miostatina e VEGF). Os animais sedentários foram os que apresentaram uma média de valores de massa corporal superior em comparação aos grupos exercitados. Relativamente aos órgãos reprodutores recolhidos as vesiculas seminais, a glândula bulbouretral e a próstata dos animais induzidos apresentaram a maior média de massa relativa em relação aos outros grupos, e consequentemente a menor média de massa relativa dos seus testículos. Na análise dos biomarcadores, observamos diferenças estatisticamente significativas na determinação da PCR e do TWEAK, sendo o grupo induzido/exercitado o que apresenta uma média de valores mais elevados. Em suma, através dos valores médios da massa corporal e da massa relativa dos órgãos reprodutores, podemos afirmar que de uma forma indireta que o protocolo utilizado tem repercussões sobre o estado geral dos animais e permite-nos inferir que a indução foi eficaz.
Prostate cancer is one of the most frequent cancers among men around the world. The objective of this study was to induce sequential prostate cancer in the Wistar male rat animal model and to understand the effect of physical exercise on the prostate cancer induction model using biomarkers: IL-6, PCR, TWEAK, myostatin and VEGF. Thirty-nine male Wistar Unilever rats were divided into four groups: group I, composed of 9 control/sedentary animals; group II, composed of 10 animals induced/sedentary; group III, composed of 10 control/exercised; group IV, composed of 10 animals induced/exercised. Group II and IV underwent 28 weeks of exercise with 8-weeks old on treadmill. The induction of prostate cancer started at 12 weeks of age in groups I and III, administration flutamide for 21 consecutive days, followed by testosterone proprianate, then MNU administration and finally the placement of implants testosterone placed in the interscapular region of animals. The animals were monitored on a daily basis, with their fortnightly weighing, food and weekly weighing, and the hygiene of cages. Animal sacrifice was performed at 20 weeks after MNU administration, a complete necropsy was performed on each animal with its respective organ harvesting and serum freezing for further analysis of the chosen biomarkers. The sedentary animals presented the mean values of upper body mass in comparison to the exercised groups. In relation to the seminal vesicles, bulbourethral gland and prostate, the animals induced had the highest mean relative mass, and consequently the lowest mean relative mass in relation to the testicles. In the analysis of the biomarkers, we observed statistically significant differences in the determination of CRP and TWEAK, and the induced / exercised group had the highest mean values. In summary, through the mean values of body mass and the relative mass of the reproductive organs, we can affirm that in an indirect way the induction was effective. Regarding the determination of the biomarkers, complementary work is needed to better understand the results obtained.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8503
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Versão Final Dissertação Milene Ribeiro.pdf2,19 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.