Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8528
Title: Currículo escolar para a formação integral dos alunos no ensino fundamental: sentidos atribuídos por professores dos anos iniciais de uma escola pública em tempo integral do Município de Manaus
Authors: Reis, Darianny Araújo dos
Advisor: Ferreira, Carlos Alberto Alves Soares
Keywords: currículo escolar
educação integral
Issue Date: 9-Apr-2018
Abstract: A presente tese tem como objetivo central o de analisar e compreender as conceções dos(as) professores(as) sobre o currículo no contexto pedagógico da escola de tempo integral, considerando a ação protagónica destes na ressignificação das práticas curriculares. Enquadramos este estudo partindo do pressuposto de que a escola de tempo integral tem sido reconhecida como uma importante demanda para a escolarização básica de crianças e adolescentes. Focalizamos neste contexto o tempo integral e/ou a jornada ampliada dada a sua abrangência histórica e teórico-conceitual, que tem sido objeto de análise e escrutínio no bojo das discussões desenvolvidas nas últimas décadas no Brasil alusivas à educação integral e à garantia do direito à qualidade da educação pública. Na verdade, a educação integral tem estado associada, geralmente, à escola de tempo integral na qual aponta para um modelo convencionado numa lógica político-organizacional e pedagógica diferenciada da escola em turnos. Tal lógica caracteriza-se pelo alargamento do tempo diário de permanência na escola e acompanha uma organização curricular distinta em função do acréscimo de disciplinas, conteúdos e atividades ou da transformação do repertório formativo dos(as) alunos(as). No entanto, novas perspetivas em torno da formação produzem novas exigências curriculares. Assim, qualquer que seja a proposta, o modelo ou o projeto educativo que se submeta a uma nova perspetiva em torno da formação humana coloca em causa o currículo, visto que se constitui o caminho pelo qual se concretiza a formação. Concebemos o currículo escolar como resultado de uma construção humana, portanto, social e historicamente produzido, como um projeto de formação onde estão embutidas intenções educativas em disputa e negociação, pelas quais perpassam e se concatenam valores, crenças, normas, saberes, conhecimentos e práticas que corporificam interesses político-económicos, ideológicos e de grupos sociais. Por conseguinte, entendemos ser importante valorizar as vozes docentes, no que concerne à compreensão do currículo na perspetiva da formação integral dos(as) alunos(as), particularmente porque, enquanto atores e autores curriculares, os(as) professores(as) são pensadores, gestores, decisores e mediadores fundamentais do currículo, sobretudo, da natureza dos seus conteúdos no espaço-tempo da escola mas, nem por isso, têm sido convocados a participar ativamente das discussões e decisões curriculares que lhes competem como profissionais. A investigação realizada adotou uma abordagem qualitativa, de caráter descritivo-interpretativo e privilegiou como orientação metodológica o estudo de caso, cujo desenvolvimento concretizou-se numa escola pública de tempo integral da rede estadual de ensino do Estado do Amazonas-Brasil. Para a recolha de dados utilizamos a entrevista semiestruturada aplicada aos professores, sujeitos-participantes privilegiados, e de forma planejada e sistematizada, a observação não participante e a análise documental. Optamos pela Análise de Conteúdo como vertente teórico-metodológica para o tratamento dos dados empíricos. Como resultado da análise empreendida, percecionamos das conceções e práticas dos(as) professores(as) no que toca ao currículo para a formação integral dos(as) alunos(as), uma plasticidade de perspetivas e uma permanente tensão entre atender as demandas das avaliações em larga escala apoiadas em requisitos curriculares de elevação do desempenho e os valores que os(as) professores(as) julgam ser importantes para a formação integral dos(as) alunos(as). Os(as) professores(as) reelaboram e recriam as experiências de ensino impingidos pelo tempo integral e, assim, ressignificam o currículo. Por sua vez, enfrentam condições de trabalho que impõem limitações materias e humanas e condicionam processos de reconstrução do currículo na perspetiva da educação e formação integral em tempo integral.
The main objetive of this thesis is to analyse and understand the opinions of teachers about the curriculum in the educational context of full-time schools, given their central involvement in the reinterpretation of curricular practices. The study approach is based on the assumption that full-time school is recognized as a key requirement for the basic schooling of children and adolescents. Accordingly, we focus on full-time and / or the extended day, given their historical and theoretical-conceptual scope, which has been analysed and scrutinised in discussions in recent decades in Brazil on holistic education and the guaranteed right to quality public education. In fact, holistic education has generally been associated with full-time schooling, which reflects an agreed political-organizational and pedagogical model that is distinct from extended school education. This arrangement is characterized by the extension of the school day and involves a different organization of the curriculum with the addition of subjects, content and activities or the transformation of the learning repertoire of the students. However, new perspetives on education trigger new curricular requirements. Thus, whatever the educational initiative, the model or project that is the focus of a new perspetive in human education raises questions about the curriculum as the means by which the education finds practical form. We design the school curriculum, therefore, as the result of socially and historically determined human action, as an education project involving learning objetives that are up for debate and negotiation around values, beliefs, standards, knowledge, understanding and practices reflecting political-economic, ideological, and social group interests. Accordingly, we believe that it is important to gauge teachers' opinions in respect of their understanding of the curriculum from the perspetive of the holistic education of students, particularly because, as curriculum stakeholders and developers, teachers are the thinkers, managers, decision-makers and fundamental mediators of the curriculum - especially of the nature of curricular content in the physical context of the school. However, they have not been invited to participate actively in discussions and curricular decisions that concern them as professionals. This research adopted a qualitative, descriptive-interpretative approach with a methodological orientation based on a case study carried out in a full-time public school in the State of Amazonas, Brazil. Data was collected from semisstructured interviews with teachers, key subjects / participants, and planned and systematized, non-participatory observation and documentary analysis. We chose to process the empirical data using Content Analysis as a theoretical-methodological approach. The analysis shows that teachers' opinions and practices regarding the holistic education curriculum reflect flexible perspetives and a permanent tension between meeting the demands of large-scale evaluations based on curriculum requirements for raising attainment and the values that teachers judge to be important for the holistic education of the students. The teachers reconstruct and recreate the education experiences resulting from full-time teaching and thus ressignify the curriculum. In turn, they face working conditions that impose material and human limitations and condition processes for the reconstruction of the curriculum from the perspetive of full-time holistic education and training.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8528
Document Type: Doctoral Thesis
Appears in Collections:DEP - Teses de Doutoramento
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Darianny Reis.pdf3,98 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.