Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8540
Title: Triagem Veterinária de Animais de Companhia em Horário de Urgência no Hospital Veterinário do Porto entre Janeiro de 2012 e Fevereiro de 2016
Authors: Couto, Paula Margarida Ferreira
Advisor: Queiroga, Felisbina Luisa Pereira Guedes
Lobo, Luís Lima
Keywords: VTL-modificada
Triagem
Issue Date: 7-Jun-2018
Abstract: A presente dissertação de mestrado tem como principal objetivo utilizar um sistema de triagem veterinário (LTV-modificada), elaborado a partir da Triagem de Manchester usada em medicina humana e da VTL (Lista de Triagem Veterinária) utilizada em medicina veterinária, como mecanismo de triagem em animais domésticos no serviço de urgência. Pretende-se entender a necessidade de uma triagem no serviço de urgência de um hospital veterinário, analisando o fluxo de utentes, o horário a que recorrem a este serviço e a apresentação clínica do animal, que despoleta a necessidade do dono em se deslocar até esta unidade. Adicionalmente, pretende-se verificar o nível de ajuste entre as categorias de triagem e os animais cujo desfecho culminou na morte. O presente estudo centra-se na recolha de dados de animais domésticos, mais concretamente, de felinos e caninos, que recorreram ao serviço de urgência do Hospital Veterinário do Porto (HVP), entre 1 de janeiro de 2012 e 29 de fevereiro de 2016. A recolha dos dados foi efetuada através de um programa informático utilizado no HVP como registo clínico (QVET®). Dos 2791 casos clínicos apenas foram analisados retrospetivamente 1352 casos clínicos de gatos (n=676) e cães (n=676). Verificou-se no estímulo iatrotrópico um equilíbrio entre as amostras (felina e canina), destacando-se o “Traumatismo/Queda/Luta/Mordedura(s)” e a “Regurgitação/Vómito”. Da aplicação da LTV-modificada, obteve-se uma maior entrada em serviço de urgência de animais categorizados de amarelo (32,8%; n=222; casos urgentes), sendo seguidos de animais categorizados de laranja com percentagens semelhantes (27,7%; n=167; casos muito urgentes). Os discriminadores que se apresentaram com mais frequência foram: “Dor moderada” (10,5%; n=141); “Problema recente (<7 dias)” (8,3%; n=113); “Desidratação moderada (5-8%)” (5,6%; n=76); e “(Possível) ingestão de CE há mais de 24 horas com anorexia ou vómito” (5,2%; n=70). Com a realização deste estudo, verificou-se a necessidade de se estandardizar os meios de recolha de dados clínicos que coadjuvam no processo de triagem, apesar de se ter constatado que o fluxo das urgências veterinárias não é tão forte como na medicina humana, o que poderá limitar na perceção da real necessidade de uma triagem uniformizada.
The main objective of this Master's Dissertation is to use a veterinary screening system (VTL-modified), elaborated from the Manchester Triage used in human medicine and the VTL (Veterinary Triage List) used in veterinary medicine, as a screening mechanism in domestic animals in the emergency service. The aim is to understand the need for sorting in the emergency department of a veterinary hospital, analyzing the flow of clients, the time that they use this service and the clinical presentation of the animal, which triggers the owner's need to move to this hospital unit. Additionally, it is intended to verify the level of adjustment between the categories of triage and the animals whose outcome culminated in death. The present study focuses on the collection of data on domestic animals (felines and canines), which used the emergency service of the Hospital Veterinário do Porto (HVP) between January 1, 2012 and February 29, 2016. The collection of the data was performed using a computer program used in HVP as a clinical register (QVET®). Of the 2791 clinical cases in the emergency department during the study period, only 1352 clinical cases of cats (n=676) and dogs (n=676) were retrospectively analyzed. A balance between the samples (feline and canine) was observed in the iatrotrópico stimulus, emphasizing the "Trauma/Fall/Fight /Bite(s)" and the "Regurgitation/Vomit". From the application of LTV-modified, a greater number of animals categorized in yellow (32.8%; n=222; urgent cases) were added to the emergency service, followed by animals classified as orange with similar percentages (27.7%; n=167; very urgent cases). The most frequent discriminators were: "Moderate pain" (10.5%; n=141); "Recent problem (<7 days)" (8.3%; n=113); "Moderate dehydration (5-8%)" (5.6%; n=76); and "(Possible) foreign body ingestion >24 hours with anorexia or vomiting" (5.2%; n=70). With this study, it was verified the need to standardize the means of collecting clinical data that aid in the triage process, although it has been verified that the flow of veterinary emergencies is not as strong as in human medicine, which it may limit the perception of the real need for standardized screening.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8540
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DCV - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação de Mestrado - Versão Final - Paula Couto nº58793.pdf
  Until 2021-06-08
2,54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.