Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8559
Title: Processos de separação-individuação aos pais, personalidade e conflitos no namoro: bem-estar e resiliência em jovens adultos
Authors: Morais, Maria Helena Silva
Advisor: Mota, Ana Catarina Pires Pinheiro Da
Keywords: separação-individuação
conflitos no namoro
Issue Date: 14-Mar-2018
Abstract: De acordo com a literatura, a qualidade da vinculação com as figuras parentais tem um papel privilegiado no desenvolvimento da individuação dos jovens adultos, na forma como estes experienciam as suas relações amorosas e ainda na aptidão de lidarem com acontecimentos adversos. A presente investigação tem como objetivo analisar o papel preditor da separação-individuação aos pais e da resiliência nos conflitos no namoro, assim como testar o papel moderador da resiliência na associação entre a separaçãoindividuação aos pais e os conflitos no namoro. A amostra foi constituída por 948 sujeitos (327 do sexo masculino e 621 do sexo feminino) com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos de idade (M= 21.76, DP = 3.31). A recolha de dados foi realizada através de um questionário sociodemográfico, do Individuation Test for Emerging Adults (ITEA), do Conflict in Adolescent Dating Relationships Inventory (CADRI) e da Resilience Scale. Os resultados apontam que os conflitos no namoro são preditos pela separaçãoindividuação aos pais e pela resiliência. Os dados sugerem ainda o efeito moderador da resiliência na associação entre a intrusividade e autoconfiança na mãe e as estratégias de resolução de conflitos não abusivas e os comportamentos violentos. Os resultados foram interpretados e analisados à luz da teoria da vinculação e da teoria da separaçãoindividuação, de forma a observar o seu contributo na prática das condutas abusivas nas relações íntimas e no desenvolvimento da resiliência.
According to the literature, the quality of attachment with parents has a privileged role on the development of individuation in the young adults, in the way they experience their romantic relationships and the way they face their personal problems. This research aim to analyze the predictor role of the parental separation-individuation and the resilience on dating conflicts, as well as testing the role of resilience in the association between the separation-individuation on parents and the dating conflicts. The sample was composed by 948 people (327 male and 621 female) with ages between 18 and 30 (M=21.76, DP=3.31). The data was collected through a sociodemographic questionnaire, Individuation Test for Emerging Adults (ITEA), Conflict in Adolescent Dating Relationships Inventory (CADRI) and Resilience Scale. The results show that the conflicts in dating are predicted from separationindividuation to parents and resilience. The collected data suggest the moderating effect of the resilience in the association between intrusiveness and self-confidence on mother and the resolution strategies of non-abusive conflicts and violent behaviors. The results were interpreted and analyzed according to the attachment and the separation-individuation theories with the objective to understand the contribute to the practice of abusive conduct in intimate relationships, and to the development of resilience.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8559
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DEP - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO FINAL.pdf2,51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.