Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/8742
Título: Avaliação do comportamento e do stresse de ovelhas sujeitas a um teste de interação homem-animal. Utilização da técnica de termografia de infravermelhos.
Autor: Afonso, Antónia Luísa de Carvalho Ferreira
Orientador: Silva, Severiano José Cruz Da Rocha E
Palavras-chave: Comportamento
Ovinos
Stresse
Interação Homem-Animal
Termografia de Infravermelhos
Data: 15-Jun-2018
Resumo: O objetivo desta tese de mestrado foi avaliar o comportamento e o stresse em ovelhas das raças Ide de-France (IF) e Churra-da-Terra-Quente (CTQ) sujeitas a um teste de interação homem-animal (teste parque ou de arena). Foi realizada uma análise de imagens termográficas como ferramenta não invasiva de avaliação de stresse. Foram realizados vários testes de interação homem-animal e preenchido um etograma. Os testes foram realizados antes e depois da presença de um operador, foi determinada a distância de fuga (ADP) em relação ao operador, o nível de agitação dos ovinos e a temperatura ocular registada nos termogramas (IRT). Verificou-se que de uma forma geral as ovelhas IF são mais reativas à presença do operador, o que se traduz numa maior ADP (3,41 vs. 2,66, P<0,05, para a IF e CTQ respetivamente) e maior nível de agitação (5,67 vs. 3,43, P<0,05, para a para a IF e CTQ respetivamente). Também a temperatura ocular obtida por IRT mostra que as ovelhas IF apresentam maior stresse que as CTQ (34,47 vs. 34,60 ºC, P<0,05, para a IF e CTQ respetivamente). Estes indicadores associados ao tempo que os animais demoram mais tempo a retomar a atividade, mostram que as ovelhas IF e suportam o resultado de que há diferenças entre as raças estudadas. Com esta investigação foi possível concluir que os teste de parque selecionado para avaliar o comportamento e stresse dos ovinos quando sujeitos a interação homem-animal ajudaram a compreender estes fatos. Foi possível concluir que de uma forma geral há diferenças entre as duas raças de ovinos estudadas, para indicadores de comportamento e de stresse, que permitem sustentar que as ovelhas IF são mais reativas que as CTQ. Finalmente é possível concluir que este trabalho pode ser pode ser uma ferramenta útil para ajustar as práticas de maneio de forma a minimizar o stresse dos animais.
The objective of this master's thesis was to evaluate behaviour and stress in sheep of the Ide de-France (IF), and Churra-da-Terra-Quente (CTQ) breeds subjected to a human-animal interaction test (park or sand test). Thermographic imaging analysis was performed as a noninvasive stress assessment tool. Several tests of man-animal interaction were performed, and an ethogram was filled. The tests were performed before, and after the presence of an operator, the leakage distance (ADP) to the operator, the level of sheep agitation and the ocular temperature recorded in the thermograms (IRT) were determined. It was found that, in general, IF sheep are more reactive to the presence of the operator, which translates into a higher ADP (3.41 vs 2.66, P <0.05, for the FI and CTQ respectively) and higher agitation level (5.67 vs 3.43, P <0.05, for a for the FI and CTQ respectively). Also, the ocular temperature obtained by IRT shows that IF ewes show higher stress than CTQs (34.47 vs 34.60 ° C, P <0.05, for the FI and CTQ respectively). These indicators associated with the time the animals take the longer to resume activity show that the IF ewes support the result that there are differences between the breeds studied. With this investigation, it was possible to conclude that the park tests selected to evaluate the behaviour and stress of the sheep when subjected to man-animal interaction helped to understand these facts. It was possible to conclude that in general there are differences between the two breeds of sheep studied, for indicators of behaviour and stress, which allow supporting that IF sheep are more reactive than CTQ. Finally, it is possible to conclude that this work can be can be a useful tool to adjust the practices of management to minimise the stress of the animals.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8742
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:DZOO - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Antónia Afonso.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.