Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/8890
Título: Tetraparesia aguda do neurónio motor inferior em cães
Autor: Brás, Inês Vaz Domingues
Orientador: Varejão, Artur Severo Proença
Ribeiro, João Carlos Gil da Silva
Palavras-chave: tetraparesia
neurónio motor inferior
botulismo
polirradiculoneurite aguda
paralisia da carraça
miastenia gravis aguda fulminante
cão
Data: 20-Dez-2017
Resumo: Apesar dos avanços em neurologia veterinária na última década, as doenças do sistema nervoso periférico continuam a ser uma das áreas mais desafiantes no reconhecimento da doença, no diagnóstico e no tratamento. Uma tetraparesia flácida aguda e progressiva ocorre quando há uma lesão do neurónio motor inferior, e apresenta diversas etiologias que podem manifestar-se de forma muito semelhante. As quatro causas mais comuns são o botulismo, a polirradiculoneurite aguda, a paralisia da carraça e a miastenia gravis aguda fulminante. A polirradiculoneurite aguda e a miastenia gravis aguda fulminante envolvem mecanismos autoimunes, já o botulismo e a paralisia da carraça devem-se a toxinas que são ingeridas ou libertadas no animal, respetivamente. Os membros pélvicos são frequentemente afetados primeiro e a gravidade dos sinais pode variar de uma fraqueza muscular generalizada até uma tetraplegia com paragem respiratória. O objetivo desta dissertação é contribuir para o reconhecimento de lesões do neurónio motor inferior em cães por parte dos clínicos e para a distinção das doenças que engloba. São apresentados três casos clínicos de cães que deram entrada com tetraparesia aguda não ambulatória na Clínica Referência Veterinária (Alcabideche, Portugal). Os casos apresentados incluem um Bulldog Francês macho com 3 anos de idade, um Shih-Tzu macho com 4 anos de idade e um Labrador Retriever fêmea com 1 ano de idade. O Bulldog Francês apresentou défices nos nervos cranianos e disfunção autonómica, achados comuns no botulismo. O ShihTzu possuía hiporreflexia generalizada, afonia e uma recuperação espontânea característica da polirradiculoneurite aguda. O Labrador Retriever apresentou um exuberante megaesófago e incapacidade de gerar força muscular após exercício físico seguido de descanso, sinais clínicos que se manifestam na miastenia gravis aguda fulminante. Dois dos casos clínicos apresentados tiveram uma evolução favorável, enquanto que o Bulldog Francês morreu devido a paralisia dos músculos respiratórios. Os casos clínicos apresentados corroboram com o que está descrito na literatura veterinária até à data
Despite the advances in veterinary neurology over the past decade, diseases that affect the peripheral nervous system remains one of the most challenging areas in the recognition of the disease, diagnosis and treatment. A flaccid acute progressive tetraparesis occurs when there is a disease in the lower motor neuron, and it has several etiologies that can exhibit similar clinical signs. The most common causes are botulism, acute polyradiculoneuritis, tick paralysis and acute fulminant myasthenia gravis. Acute polyradiculoneuritis and acute fulminant myasthenia gravis involve autoimmune mechanisms, whereas botulism and tick paralysis are caused by toxins ingested or released into the animal, respectively. In tetraparetic animals the pelvic limbs are often affected earlier and severity of signs can range from mild weakness to tetraplegia with respiratory failure. The objective of this dissertation is to contribute to the recognition of lower motor neuron lesions in dogs and to the distinction of the diseases that it encompasses. Three clinical cases of dogs that entered with non-ambulatory acute tetraparesis at Clínica Referência Veterinária (Alcabideche, Portugal) were presented in this dissertation. Cases reports include a 3-year-old male French Bulldog, a 4-year-old male Shih-Tzu, and a 1-year-old female Labrador Retriever. The French Bulldog presented deficits in the cranial nerves and autonomic dysfunction, common findings in botulism. The Shih-Tzu had generalized hyporreflexia, aphonia and a spontaneous recovery characteristic of acute polyradiculoneuritis. The Labrador Retriever presented an exuberant megaesophagus and inability to generate muscle strength after physical exercise followed by rest, clinical signs that manifest in acute fulminant myasthenia gravis. Two of the clinical cases presented had a favorable evolution, while the French Bulldog died due to paralysis of the respiratory muscles. The clinical cases presented are consistent with what has been described in the veterinary literature to date.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10348/8890
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:DCV - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Inês 2017.pdf877,18 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.