Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/8908
Título: Grupo pperacional olivicultura e azeite: SustentOlive - melhoria das práticas de rega e fertilização do olival nas explorações olivícolas em Trás-os-Montes para a sustentabilidade do olival
Autor: Silva, Anabela A. Fernandes
Oliveira, Manuel
Fernando Santos
Sousa, Joaquim J.
Bento, Ricardo Jorge E Silva
Almeida, Arlindo
Pavão, Francisco
Alves, Carla
Alves, Pedro
Ribeiro, António
Palavras-chave: Olea europaea L.
necessidades de rega
produtividade da água
rega deficitária
gestão da rega
Data: Jun-2018
Citação: Anabela A. Fernandes-Silva; Manuel Oliveira; Fernando Santos; Sousa, Joaquim J.; Bento, R.; Arlindo Almeida; Francisco Pava~o; Carla Alves; Pedro Alves; Anto´nio Ribeiro. Grupo Operacional Olivicultura e Azeite: SustentOlive - Melhoria das práticas de rega e fertilização do olival nas explorações olivícolas em Trás-os-Montes para a sustentabilidade do olival, Trabalho apresentado em VII CONGRESSO NACIONAL DE REGA E DRENAGEM, In Comunicações do VII CONGRESSO NACIONAL DE REGA E DRENAGEM, Monte Real, 2018.
Resumo: Na região de Trás-os-Montes, a segunda região de maior importância do sector olivícola em Portugal, apenas 6% da área total do olival é regada (RGA, 2009). É provável que na última década tenha ocorrido um aumento considerável desta área, por um lado, devido à reconversão de olival de sequeiro semiintensivo ao regadio e, por outro, devido ao aumento da disponibilidade de água para a rega, em consequência dos principais aproveitamentos hidroagrícolas da região. Dentre estes, destacam-se o Empreendimento Hidroagrícola do Vale da Vilariça, com ocupação cultural cerca de 2 500 ha, dos quais 30% são olival de regadio, e do Aproveitamento Hidroagrícola de Macedo de Cavaleiros. Atualmente, verifica-se um aumento do recurso à bombagem de águas subterrâneas e à construção de pequenas “charcas” para rega de olivais localizados fora dos perímetros de rega. O objetivo geral do Grupo Operacional (GO) Olivicultura e Azeite - “SustentOlive” - é o de melhorar as práticas de rega nas explorações olivícolas em Trás-os-Montes para uma gestão eficiente da água de rega pela adoção de diferentes estratégias de rega deficitária, quer pela melhoria do desempenho dos sistemas de rega permitindo maximizar a eficiência da rega e otimizar a produtividade da água, com vista à Eco - Sustentabilidade da olivicultura na região, como uma das formas de prevenir a desertificação do interior Norte do País. Num contexto de alterações climáticas, que aponta para uma escassez e irregularidade da precipitação, estas medidas assumem grande relevância, devendo ser dada importância particular às práticas de rega deficitária, cuja otimização pode ajudar a maximizar a eficiência do uso da água pela planta e, por conseguinte, melhorar os rendimentos e os benefícios económicos das explorações agrícolas que se traduzirá num aumento da competitividade do sector oleícola regional, a nível nacional e internacional. O principal contributo deste GO será disponibilizar conhecimento, informação e competências que potenciarão a adoção pelos olivicultores de práticas de rega e de fertilização sustentáveis. Será possível quantificar as necessidades de rega das diferentes cultivares regionais, regando apenas com dotações de água necessárias, o que evita perdas de produção quer por excessos quer por défice hídrico, em momentos críticos do ciclo vegetativo e produtivo da oliveira. Os resultados esperados permitirão avaliar a resposta de cada cultivar a diferentes estratégias de rega deficitária tendo por base o compromisso do aumento da eficiência do uso da água e o incremento da produtividade e da qualidade do azeite. A avaliação do funcionamento do sistema de rega e do seu desempenho é fundamental para se poder conduzir a rega de uma forma eficiente maximizando a poupança de água e adequando a rega às necessidades hídricas do olival. O conhecimento dos principais indicadores do desempenho do sistema de rega é indispensável à implementação de uma correta gestão da rega, melhorando a eficiência de rega e o aumento da produtividade da água. Neste projeto pretende-se igualmente avaliar a eficiência da colheita mecânica nos diferentes tratamentos de rega e cultivares o que permitirá identificar o momento ótimo da colheira mecânica, ferramenta essencial para minimizar os custos associados a esta operação cultural e preservar a qualidade da azeitona. Os beneficiários deste GO incluem os agricultores, os técnicos das organizações de agricultores (OA), os investigadores e os gestores económicos e políticos. Os olivicultores serão os beneficiários diretos uma vez que terão ao dispor conhecimento técnico-científico que os auxiliará no processo de tomadas de decisão. Os técnicos das OA passarão a ficar munidos de conhecimento científico e competências para apoiar a tomada de decisão dos olivicultores sobre opções sustentáveis. Os investigadores serão um grupo importante de beneficiários uma vez que, através da abordagem colaborativa para a resolução dos problemas identificados, permitir-lhes-á aproximar a investigação da prática, fomentando a aplicação do conhecimento científico.
In the Trás-os-Montes region, the second most important region of the olive sector in Portugal, only 6% of the total olive grove area is irrigated (RGA, 2009). It is likely that in the last decade there has been a considerable increase in this area, due to the conversion of semi-intensive rainfed olive groves to irrigated land and due to the increased availability of water from irrigation infrastructures for agricultural use. For example, the “Vale da Vilariça” hydro-agricultural project, with a cultural occupation about 2 500 ha, 30% of which are irrigated olive orchards, and the “Macedo de Cavaleiros” hydro-agricultural project. Actually, there is an increase in the use of pumping groundwater and the construction of small reservoirs for irrigation of olive orchards located outside the irrigation perimeters. The general objective of the Operational Group (GO) “Olivicultura e Oliveira” (SustentOlive) is to improve the irrigation practices in olive farms in Trás-os-Montes for the efficient management of irrigation water by the adoption of different deficit irrigation strategies and to improve the performance of irrigation systems by maximizing irrigation efficiency and optimizing water productivity, with the purpose to the Eco - Sustainability of olive growing in the region, as one of the ways to prevent desertification of the Northeast of Portugal. In a context of climate change, with a global warming associated to a scarcity and irregularity of precipitation, these measures are of great importance and particular attention should be given to deficit irrigation practices, whose optimization can help to maximize water use efficiency by olive tree and therefore, to improve the incomes and economic benefits of farmers, that increase the competitiveness of the regional olive sector, at national and international level. The main contribution of this GO will be to provide knowledge, information and skills for olive growers implementing a sustainable irrigation and fertilization practices. It allows to quantify irrigation needs of regional olive cultivars, hence supplying water according to plant water needs, which avoids losses of production either by excess or water deficit, at critical moments of the olive tree's productive cycle. Results will allow to evaluate the response of each cultivar to different deficit irrigation strategies to improve water use efficiency and increase the productivity and quality of olive oil. The evaluation of the functioning of the irrigation system and its performance is fundamental to conduct irrigation in an efficient way, saving water and to adjust irrigation for water needs of olive orchard. Knowledge of the main performance indicators of the irrigation system is indispensable for the implementation of a correct irrigation management, improving irrigation efficiency and increasing water productivity. Another goal of this GO is to evaluate the efficiency of the mechanical harvesting in different irrigation strategies and regional cultivars, which will allow to identify the optimal moment of the mechanical harvest, essential tool to minimize the costs associated with this cultural operation and to preserve the quality of olives. Beneficiaries of this GO include farmers, technicians from farmers' organizations (OA), researchers and economic and political managers. Olive growers will be the direct beneficiaries since they will have at their disposal technical-scientific knowledge that will assist them in the decision-making process. OA technicians will be provided with scientific knowledge and skills to support olive growers' decisionmaking on sustainable options. Researchers will be an important group of beneficiaries since, through the collaborative approach to solving the problems identified, they will enable them to approach research from practice, promoting the application of scientific knowledge
URI: http://hdl.handle.net/10348/8908
Tipo de Documento: Objecto de Conferência
Aparece nas colecções:DENG - Artigo de Conferência em Revista Científica não Indexada

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
11_Artigo.pdf673,64 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.