Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/8964
Título: Índice de responsabilidade socioambiental empresarial no Distrito de Administrativo de Icoaraci (DAICO), Belém – Pará
Autor: Otobo, Alex Ogaranya
Santana, Antonio Cordeiro
Costa, Carlos Jorge Fonseca Da
Palavras-chave: Responsabilidade socioambiental
Estratégia empresarial
Gestão ambiental
Análise multivariada
Data: 2016
Citação: Fonseca, Carlos. Índice de responsabilidade socioambiental empresarial no Distrito de Administrativo de Icoaraci (DAICO), Belém – Pará , Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional , 12, 1, 287-310, 2016.
Resumo: O trabalho foi desenvolvido no Distrito Administrativo de Icoaraci (DAICO), Belém – Pará, com o objetivo de analisar as práticas de responsabilidade socioambiental empresarial (PRSAE), envolvendo 41 empresas. Aplicou-se a Análise por Componente Principal (ACP) aos dados e os escores fatoriais foram utilizados para a construção de um índice de responsabilidade socioambiental empresarial (IRSAE-ICO). Os resultados indicaram que apenas 4 empresas obtiveram valores satisfatórios de PRSAE. Identificaram-se também os pontos fortes e as fragilidades de cada empresa quanto à condução de boas práticas de gestão. Conclui-se que, 30 anos após a implantação do DAICO, ainda não foi possível perceber o reflexo do empreendimento na melhoria das condições socioambientais de Icoaraci e que são muitos os desafios para que a maioria das empresas atinjam níveis satisfatórios nas práticas socioambientais. Neste contexto, além dos incentivos fiscais e da infraestrutura, devem-se adotar ações complementares para consolidar as atividades industriais e promover o desenvolvimento local de forma sustentável.
This work was developed in Administrative District of Icoaraci (ADICO), Belém-PA, with the aim to analyse the socioenvironmental responsability business practices (SERBP), involving 41 companies. The Principal Component Analysis (PCA) was applied on the data and the factorial scores were used to construct a socioenvironmental business responsability index (SERI-ICO). The results indicates that only four firms obtained satisfactory values of SERBP. We identified the strenghts and weaknesses of each firm with respect to the conduction of good management practices. We conclude that 30 years after the implementation of ADICO, it was not possible to note the consequences of this investment to the improvement of socioenvironmental conditions of Icoaraci and that there are many challenges for the majority of firms to reach satisfactory levels in socioenvironmental pracices. In this context, in addition to tax and infrastructure incentives, it is necessary to adopt complementary actions to strengthen the indusrial activities and promote local developmen in a sustainable manner.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8964
ISSN: 1809-239X
Outros identificadores: 1809-239X
Tipo de Documento: Artigo
Aparece nas colecções:DESG - Artigo publicado em Revista Científica Indexada

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2131-4435-1-PB.pdf568,29 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.