Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9081
Title: Biodiversidade em vitivinicultura: avaliação de casos através da metodologia Biodiversity Check; benchmarking de metodologias similares
Authors: Duarte, Ana Cristina Teixeira da Rocha
Advisor: Silva, Paula Cristina Couto Lopes da
Torres, Laura Monteiro
Keywords: biodiversidade
Biodiversity Check
práticas agrícolas
Região Demarcada do Douro
vitivinicultura
Issue Date: 7-Sep-2018
Abstract: A perda de biodiversidade é, a par das alterações climáticas, um dos maiores e mais importantes desafios da atualidade. Na Europa, dois terços dos ecossistemas estão em perigo devido à sua sobre-exploração. A intensificação da produção agrícola limitou consideravelmente a capacidade de os terrenos agrícolas suportarem outras espécies para além da cultura, o que tem um impacto profundo sobre a biodiversidade, com possíveis efeitos em cascata nas funções dos ecossistemas e na prestação dos serviços correspondentes. Numa vinha, a biodiversidade é a diversidade de animais, plantas e microrganismos, seja ao nível genético, de espécies ou de ecossistemas. Esta diversidade é necessária para sustentar funções, estruturas e processos fundamentais na cultura. O Biodiversity Check, metodologia que inclui um questionário e um relatório, foi aplicado em 10 empresas vitivinícolas da Região Demarcada do Douro. Esta metodologia oferece uma primeira perspetiva individualizada sobre a biodiversidade e constitui a base para a sua integração na gestão das explorações e para a realização de ações com vista ao uso sustentável de recursos e à proteção da natureza. O Biodiversity Check revelou-se perfeitamente adaptado à realidade vitivinícola da Região Demarcada do Douro e enquadra-se bem no contexto de outros modelos de avaliação e reconhecimento de biodiversidade existentes na atualidade. A sua aplicação revelou que na Região Demarcada do Douro, os viticultores estão em geral sensibilizados para a importância da biodiversidade e dos serviços ecossistémicos, reconhecendo que a biodiversidade é um aspeto com importante significado ambiental e empresarial. A promoção da prestação de serviços ecossistémicos, em particular o incremento da atuação dos antagonistas dos inimigos da cultura e consequente minimização da necessidade da realização de tratamentos, a valorização da paisagem, o eco e enoturismo foram identificadas pelas empresas como as principais oportunidades no contexto do fomento da biodiversidade. Desta forma, os viticultores têm vindo a adotar práticas agrícolas com vista a promover a biodiversidade, nomeadamente recorrendo à técnica de confusão sexual na proteção contra a traça-da-uva, minimizando a necessidade do recurso a inseticidas, promovendo o enrelvamento das parcelas, recuperando e preservando muros de pedra posta, áreas de bosques e matos e infraestruturas ecológicas. O Relatório forneceu às empresas informação sobre as medidas/práticas que estas deveriam corrigir ou adotar na sua atividade, essencialmente ao nível do controlo de vegetação, a redução do uso de pesticidas, a formação dos trabalhadores agrícolas, a aposta no marketing e a criação de objetivos/metas no contexto da biodiversidade. Contudo, há ainda da parte dos viticultores necessidade de aconselhamento específico sobre biodiversidade e apoio técnico nas suas explorações. Consequentemente a presente dissertação teve por objetivo contribuir para responder a esta necessidade, recorrendo à realização, em empresas vitivinícolas da Região Demarcada do Douro, do Biodiversity Check fornecendo aos viticultores informação e formação útil no sentido de estes adotarem melhores práticas agrícolas, e por outro lado, analisar os resultados obtidos junto das empresas. Teve ainda como finalidade refletir criticamente sobre a própria metodologia do Biodiversity Check, colocando-o a par de outras abordagens similares e comparando as suas potencialidades
Biodiversity loss is, along with global warming, one of the major challenges of current days. Even just in Europe, two thirds of ecosystems are endangered by overexploitation. Agriculture intensification has considerably limited the capacity for farmlands to harbour other species than the cultured ones, which deeply impacts biodiversity, with possible cascade effects upon ecosystem function and ecosystem service provision. Within a vineyard, biodiversity consists of the variety of animals, plants and microorganisms, be it at a genetic, species or ecosystem level. This diversity is necessary for sustaining function, structures and processes fundamental to crop management. The Biodiversity Check methodology, comprising a questionnaire and a report, was applied to 10 winegrowers within the Douro Wine Region (Região Demarcada do Douro). This methodology offers a first single perspective on biodiversity which acts as a base for its integration in farm management for acting towards sustainable resource usage and nature conservation. The Biodiversity Check revealed to be perfectly adapted to the region’s reality and fits well within the context of other existing biodiversity survey models. The use of this methodology showed that farmers, in general, are aware of the importance of biodiversity both to the environment and to the business. Promoting ecosystem service provision, in particular, the pests’s natural enemies enhancement and the consequente reduction of pesticide usage, landscape valorisation and eco and oeno-tourism were identified by the participant companies as main opportunities created by biodiversity conservation. Thus, farmers have been implementing management practices which promote biodiversity, namely, mating disruption against pests like Lobesia botrana, reducing the need for pesticides, recovering dry stone walls, woodlands and shrublands and other ecological infrastructures. The Report provided farmers with information on the measures/practices they should adopt in their activities, mainly in the control of vegetation, reduction of the use of pesticides, training of agricultural workers, bets on marketing and creation of objectives/goals in context of biodiversity. However, farmers still require counselling on biodiversity promotion as well as technical support in their businesses. Consequently, the present dissertation aimed to respond to this need, meeting Douro Wine Region companies and applying the Biodiversity Check, spreading useful information and training towards better management practice, while also analysing data gathered from companies. Further, the Biodiversity Check was trialled and compared to other similar approaches and their potentialities.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Agronómica apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
URI: http://hdl.handle.net/10348/9081
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DAGRO - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Cristina Teixeira da Rocha Duarte.pdf13,38 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Declaração Ana Cristina Duarte.pdf
  Restricted Access
97,1 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.