Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/9148
Título: “O perfil dos estudantes universitários e a formação integral: estudo entre uma universidade portuguesa e uma brasileira”
Autor: Fonseca, Rúbia Salheb
Orientador: Escola, Joaquim José Jacinto
Carvalho, Amâncio António De Sousa
Loureiro, Armando Paulo Ferreira
Palavras-chave: Formação Integral, , , ,
Universitários
Perfil
Universidade
Educação
Data: 18-Jan-2019
Resumo: A UNESCO (2011), afirma que a educação deve ter como centro os estudantes, que devem ser considerados como protagonistas da aprendizagem e não como meros recetores do ensino. Torna-se cada vez mais claro, nesse e em inúmeros estudos lidando com questões relacionadas aos processos de aprendizagem dos estudantes, a importância de conhecer melhor o aluno em sua formação integral e suas visões de mundo e trajetórias. O objetivo do estudo foi foi analisar a relação entre o perfil na dimensão integral, nos aspetos sociodemográfico, estilo de vida, competências de estudo e cosmovisão-visão de mundo dos estudantes universitários das duas universidades em estudo, cursos e anos, realizamos um estudo que envolveu duas universidades, uma portuguesa, outra brasileira. Para tal realizou-se um estudo descritivo-correlacional, transversal e de abordagem mista (quantitativa e qualitativa), na qual participaram 1240 estudantes de duas universidades (533 da Universidade Portuguesa e 707 da Universidade Brasileira). Na recolha de dados utilizou-se um questionário de auto preenchimento, Escala Nível Socioeconômico de Grafar (1956), versão brasileira do questionário “Estilo de Vida Fantástico” (Añez, Reis & Petroski, 2008), Escala de Competências de Estudo (L. Almeida & Joly, 2009), Escala: Atitudes acerca de teorias Evolucionistas e Criacionistas (Pagan, 2009), aplicado aos estudantes, uma entrevista semiestruturada aplicada aos dirigentes das instituições e uma grelha de análise aos planos curriculares dos cursos. A análise dos dados provenientes dos questionários foi realizada com recurso ao software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), tendo sido calculadas as frequências absolutas e relativas para todas as variáveis e a média para as variáveis rácio e os testes estatísticos paramétricos t de Student e ANOVA e, em alternativa, os testes não paramétricos Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. Os dados provenientes das entrevistas e dos planos curriculares foram submetidos a análise de conteúdo (Bardin, 2014), com recurso a nuvem de palavras. Amostra de 1.240 estudantes de duas universidades, 533 da Universidade Portuguesa e 707 da universidade brasileira. A maioria da amostra de estudantes era do sexo feminino (54,9%), pertencia ao grupo etário dos 19-20 anos (39,4%) e detinha o estado civil de solteiro (94,1%), verificaram-se diferenças estatísticas significativas entre os estudantes da amostra das universidades dos diferentes países no perfil sociodemográfico, onde constatamos existir relação entre o estado civíl, grupo etário, coabitação, manutenção financeira, meio de deslocação à universidade e nível socioeconómico ( 2 : p≤0,000) dos estudantes e as universidades. Foram encontradas semelhanças e diferenças entre os estudantes universitários dos dois países também na cosmovisão, os estudantes com a maior tendência criacionista são da universidade brasileira e os estudantes com a maior tendência evolucionista são da universidade portuguesa. Quem tem maior tendência criacionista são os que professam ter religião e quem tem maior tendência evolucionista também não professa religião, a nuvem de palavras sobre origem da vida, propósito da existência e futuro da humanidade é diferente entre as universidades. No estilo de vida, a maioria dos estudantes (51,7%) se enquadrou na categoria geral de um estilo de vida Muito Bom. A nível das pontuações obtidas na escala que avalia o estilo de vida, a universidade brasileira apresentou valores mais elevados comparativamente à universidade portuguesa. Em alguns itens da escala do estilo de vida, verificaram-se diferenças significativas entre as duas instituições de ensino superior. De um modo geral, conclui-se que os indivíduos apresentam um bom estilo de vida, porém os resultados obtidos permitiram identificar itens da escala do estilo de vida que devem ser melhor desenvolvidas, com vista à adoção de medidas que promovam melhor estilo de vida contínuo de cada universitário para o sucesso académico. Nas competências de estudo, a média da pontuação global das competências de estudo dos estudantes portugueses foi de 73,08±378 pontos, enquanto a dos estudantes brasileiros foi de 76,77±13,416 pontos, diferindo significativamente entre as duas universidades (t de Student: presultados poderemos proporcionar à Universidade: Um panorâma de quem são seus clientes-sujeitos da educação, na qual todas as ações da instituição são direcionadas. Aos países: Informação sobre os perfis universitários com suas semelhanças e diferenças, fator importante para a mobilidade e globalização atual, respeitando o que diz as leis educacionais dos países. E desta forma colaborando para uma academia mais Informada, fator de inclusão para a Sociedade da Informação e do Conhecimento.
UNESCO (2011) states that education should be centered on students, who should be considered not just mere recipients of the teaching, but protagonists in the learning process. It is becoming increasingly clear, in this and in numerous studies on issues related to the learning processes of students, the importance of knowing the student better in his integral formation and his visions of the world and trajectories. The objective of the study was to analyze the relationship between the profile in the integral dimension, in the sociodemographic aspect, lifestyle, study competences and worldview of the university students of the two universities under study, courses and years. We carried out a study involving two universities, one Portuguese, and the other Brazilian. A descriptive-correlative, cross-sectional and mixed-approach (quantitative and qualitative) study was carried out, involving 1240 students from two universities (533 from the Portuguese University and 707 from the Brazilian University). In the data collection, the study used a self-completion questionnaire, Graffar Socioeconomic Level Scale (1956), Brazilian version of the "Fantastic Lifestyle" questionnaire (Añez, Reis & Petroski, 2008), Study Skills Scale (L. Almeida & Joly, 2009), Scale: Attitudes about Evolutionary and Creationist theories (Pagan, 2009), applied to the students, a semi-structured interview applied to the leaders of the institutions and an analysis grid to the curricular plans of the courses. The analysis of the data from the questionnaires was performed using the Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) software, and the absolute and relative frequencies were calculated for all variables and the mean for the ratio variables and the Student's t-parametric statistical tests and ANOVA and, alternatively, the non-parametric Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests. Data from interviews and curriculum plans were submitted to content analysis (Bardin, 2014), using a word cloud. Sample of 1,240 students from two universities, 533 from the Portuguese University and 707 from the Brazilian university. The majority of the sample of students was female (54.9%), belonged to the age group of 19-20 years (39.4%) and had single marital status (94.1%). There were significant statistical differences between the sample students from the universities of the two different countries in the sociodemographic profile, where we found a relationship between civil state, age group, cohabitation, financial maintenance, means of travel to the university and socioeconomic level ( 2 : p≤0,000) of the students and universities. Similarities and differences were found between the university students of both countries also in the worldview, the students with the higher creationist tendency are from the Brazilian university and the students with the higher evolutionary tendency are from the Portuguese university. Those who have higher creationist tendency are those who profess a religion and who has a higher evolutionist tendency does not profess religion. The word cloud on the origin of life, purpose of existence and future of humanity is different between the universities. As for the lifestyle, the majority of the students (51.7%) fell into the general category of a Very Good lifestyle. For the level of the scores obtained in the scale that evaluates the lifestyle, the Brazilian university presented higher values than the Portuguese university. In some items of the lifestyle scale, there were significant differences between the two higher education institutions. In general, it was found that the individuals have a good lifestyle, but the results obtained allowed to identify items of the lifestyle scale that should be better developed, aiming to adopt measures to promote a better continuous lifestyle of each university for academic success. In the study competences, the average of the overall study competency score was 73.08 ± 378 points for the Portuguese students and 76.77 ± 13.416 points for the Brazilian students, significantly differing between the two universities (Student t: p collaborating for a more informed academy, an inclusion factor for the Information and Knowledge Society.
Descrição: Tese de Doutoramento em Ciências da Educação apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
URI: http://hdl.handle.net/10348/9148
Tipo de Documento: Tese de Doutoramento
Aparece nas colecções:DEP - Teses de Doutoramento
TD - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de Doutoramento Prof Rubia Fonseca- 24-01-2019.pdf12,12 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.