Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9170
Title: Qual o comportamento da frequência cardíaca numa aula air bike pro® com intensidade controlada através da perceção subjetiva de esforço
Authors: Lourenço, Paulo Jorge do Santos
Advisor: Alves, José Manuel Vilaça Maio
Lemos, Rui Jorge Canário Alvares de
Keywords: Air Bike PRO®
frequência cardíaca
perceção subjetiva de esforço
intensidade de esforço
Escala OMNI
Issue Date: 15-Feb-2019
Abstract: Introdução: Air Bike PRO® é uma aula de grupo que alia a música ao exercício, sendo realizada num aparelho estático que possibilita o uso individual ou combinado dos membros superiores e inferiores em movimentos cíclicos obtendo-se, assim, diferentes gastos calóricos. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi analisar o comportamento da Frequência Cardíaca (FC) numa aula de Air Bike PRO® com a intensidade controlada, através da Perceção Subjetiva de Esforço (PSE). Metodologia: A amostra é constituída por indivíduos do sexo masculino (n=15) e feminino (n=15) experientes no Indoor Cycling (IC) e com uma idade média de 22,60±2,50 e 23,60±2,55 respetivamente. O estudo dividiu-se em 3 sessões onde, na primeira, se realizou um teste de Frequência Cardíaca máxima (FCmáx) e nas restantes, 2 aulas de Air Bike PRO® de 30 minutos. As características e condições nas 2 aulas de Air Bike PRO® foram mantidas alterando apenas o modo de prescrição de intensidade. Resultados: A PSE revelou ser um método eficaz no controlo de intensidade tendo sido constatada uma forte correlação entre a FC e a PSE (0,932). Estudando o comportamento da FC nas duas aulas, não foram constatadas diferenças significativas nos valores médios obtidos. Contudo, foram observados valores significativamente superiores na aula controlada pela FC em relação à PSE no Bloco 3.1 (p=0,02; IC95%= 0,77-9,80; d=0,44). Analisando os resultados por géneros, foram encontradas diferenças apenas no sexo masculino e nos Blocos FCT (p=0,04; IC95%= 0,15-5,80; d=0,58), Bloco 3.1 (p=0,04; IC95%= 3,89-16,76; d=0,89), no Bloco 5 (p=0,012; IC95%= 1,37-9,43; d=0,74), Bloco 6 (p=0,044; IC95%= 0,12-7,64; d=0,57), Bloco 6.1 (p=0,04; IC95%= 2,58-11,02; d=0,89), Bloco 6.2 (p=0,019; IC95%= 0,92- 8,54; d=0,69) e Bloco 9.4 (p=0,044; IC95%= 0,13-8,27; d=0,57). Conclusão: Com o presente estudo é possível concluir que o método PSE com recurso à escala OMNI é um método que garante a segurança dos praticantes da modalidade Air Bike PRO®
Introduction: Air Bike PRO® is a group class that combines music with exercise that is performed in a static equipment that allows the individual or combined use of upper and lower limbs in a cyclic movement, leading to different caloric expenditure. Objective: This study aims to analyze the Heart Rate (HR) behavior in an Air Bike PRO® class with controlled intensity, through Subjective Perception of Effort (SPE). Methodology: 15 males and 15 females with previous experience in Indoor Cycling (IC), respectively aged 22.60±2.50 e 23.60±2.55, constituted the sampled population. The experiment was divided into 3 phases: Maximum Heart Rate (MHR) was tested in the first phase, followed by 2 sessions of 30 minutes of Air Bike PRO® in the same conditions, with changes only in the method of intensity control between the two sessions. Results: PSE reveled to be an effective method on intensity control, and it has been found a strong correlation between FC and PSE (0.932). No differences were observed regarding medium HR values. However, there was a significant decrease in HR in the class controlled by SPE on 3.1 Block (p=0.02; IC95%= 0.77-9.80; d=0.44). Analyzing the results by gender, differences were recorded only in males for the following blocks: FCT (p=0.04; IC95%= 0.15-5.80; d=0.58), 3.1 (p=0.04; IC95%= 3.89- 16.76; d=0.89), 5 (p=0.012; IC95%= 1.37-9.43; d=0.74), 6 (p=0.044; IC95%= 0.12- 7.64; d=0.57), 6.1 (p=0.04; IC95%= 2.58-11.02; d=0.89), 6.2 (p=0.019; IC95%= 0.92- 8.54; d=0.69) and 9.4 (p=0.044; IC95%= 0.13-8.27; d=0.57). Conclusion: Based on results, it can be concluded that SPE by OMNI scale is a method that guarantees the safety of Air Bike PRO® practitioners.
Description: Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto - Especialização em Atividades de Academia apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
URI: http://hdl.handle.net/10348/9170
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paulo Jorge do Santos Lourenço.pdf1,16 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.