Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9212
Title: Clínica e maneio de animais selvagens em centros de recuperação e oceanário
Authors: Fontes, David Luís Gonzaga Ferreira Escada
Advisor: Martins, José Júlio Gonçalves Barros
Keywords: conservação
ex-situ
enriquecimento ambiental
Papio ursinus
úlceras gástricas
Tursiops aduncus
Tursiops truncatus
Issue Date: 7-Feb-2019
Abstract: Tem havido uma crescente preocupação na área da conservação das espécies decorrente de uma aceleração das extinções no último século, tendo sido implementadas diversas medidas para que esta tendência diminua. Parte dessas medidas foram a criação de locais in-situ e exsitu para auxiliarem nos esforços conservacionistas de certas espécies em risco e, atualmente, estas duas vertentes tendem a convergir e a se complementarem. A conservação in-situ, que é vista como a ação conservacionista preferencial, passa pela proteção local de espécies em risco e dos seus habitats. Entretanto, a conservação ex-situ, que tem por infraestruturas os parques zoológicos e centros de recuperação, tem sido dirigida no sentido de promover a educação do público, da investigação e de programas de reprodução em cativeiro, aumentando a viabilidade genética das espécies ameaçadas e passando a exercer um papel de “armazém de stocks biológicos”. Assim, o esforço conjunto da acção in-situ e exsitu são o melhor instrumento para que gerações futuras possam usufruir de toda a biodiversidade e de assegurar a longevidade das espécies (IUCN/SSC, 2014). Neste relatório foram abordados dois temas distintos que surgiram no decorrer do meu estágio. O primeiro, retrata o que vi no CROW (Centre for Rehabilitation of Wildlife), onde desenvolvo os temas de comportamento e enriquecimento ambiental aplicado à espécie Papio ursinus (babuíno do cabo). O segundo tema abordado é relativo a úlceras gástricas em Tursiops aduncus e Tursiops truncatus, visualizadas no uShaka Marine World.
There has been a growing concern in species conservation due to an acceleration of extinctions in the last century. Several measures have been implemented to reduce this trend. Part of these measures were the creation of in--situ and ex-situ sites that, currently, work together to assist the conservation efforts of certain endangered species. In-situ conservation, which is seen as the preferred conservation action, involves the local protection of endangered species and their habitats. However, ex-situ conservation, which has zoological parks and recovery centers as their infrastructures, has been directed towards promoting public education, research and breeding programs in captivity, increasing the genetic viability of endangered species and playing a role as "warehouse of biological stocks". Thus, the joint effort of in-situ and ex-situ action is the best tool for future generations to enjoy all the biodiversity and to ensure the longevity of the species (IUCN/SSC, 2014). In this report, two distinct themes were raised during my internship. The first, which portrays what I saw in CROW (Centre for Rehabilitation of Wildlife), develops the themes of behavior and environmental enrichment applied to Papio ursinus (Cape Baboon). The second topic is related to gastric ulcers in Tursiops aduncus and Tursiops truncatus, as visualized in uShaka Marine World.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
URI: http://hdl.handle.net/10348/9212
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DCV - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
pedro fontes.pdf2,49 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.