Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9215
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMonteiro, Divanildo Outorpt_PT
dc.contributor.authorPita, Tomás Vaz Pêrapt_PT
dc.date.accessioned2019-04-12T16:09:07Z-
dc.date.available2019-04-12T16:09:07Z-
dc.date.issued2018-12-18-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10348/9215-
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douropt_PT
dc.description.abstractAs atuais políticas agrícolas procuram conjugar a crescente necessidade de fornecer alimento à humanidade, com o cumprimento de objetivos económicos e direitos sociais, assim como atender a preocupações de carácter ambiental. As problemáticas ligadas ao forte crescimento demográfico, previsto para os próximos anos, evidenciam a necessidade de uma intensificação da produção animal, através de práticas sustentáveis. A suinicultura é um setor de grande valor económico, com responsabilidades sociais e ambientais consideráveis. A carne de porco é das carnes mais consumidas no mundo, e as previsões apontam para o aumento do consumo desta carne no futuro, cabendo principalmente aos países desenvolvidos abastecer o mercado da carne de suíno. Apresentadas estas evidências, e no sentido de procurar contribuir para o desenvolvimento sustentável do setor suinícola, surge nesta dissertação, a proposta de criação de um Índice de Sustentabilidade classificativo de explorações suinícolas. Assim, propõe-se o desenvolvimento de um método de avaliação capaz de classificar de forma qualitativa e quantitativa a performance das empresas no que diz respeito à sua sustentabilidade. O Índice apresentado é composto por 41 indicadores, divididos por quatro áreas, sendo 13 indicadores sociais, 10 técnico-económicos, 11 ambientais e 7 de maneio e bem-estar. A recolha da informação necessária ao desenvolvimento do Índice, em teoria, deve ser feita através da aplicação de um questionário, também desenvolvido nesta dissertação, destinado aos proprietários ou responsáveis técnicos das explorações. Este questionário é constituído por 70 questões, estando estas relacionadas com a caracterização e desempenho das explorações, assim como com as condições de trabalho dos seus colaboradores. Para cada indicador de sustentabilidade apresentado foi desenvolvida uma escala de aferição de forma a poder avaliar a situação das empresas. A definição das escalas de aferição adotadas teve como preocupação permitir avaliar os diferentes indicadores, provenientes de áreas distintas, numa mesma escala quantitativa e qualitativa. A presente dissertação não apresenta resultados práticos da sua aplicação, devendo a validação deste Índice de Sustentabilidade ser realizada após aplicação prática desta metodologia.pt_PT
dc.description.abstractThe current agricultural policies have been trying to conjugate the humanity increasing demand for food and reaching economic and social rights goals, as well as attending environmental concerns. The issues related to the increasing world population in the fore coming years, demand the need for an intensification on animal production, through sustainable choices. Pig-farming is a major economic sector, with considerable social and environmental responsibilities. Pork is one of the most consumed types of meat worldwide, and predictions point towards its increase in the future and developed countries will be mainly responsible for the provision of pork. With these questions raised, this essay urges with a focus on contributing to a sustainable development in pig-farming. Therefore, its suggested the formulation of a sustainability index to classify pig farms. To do this, its proposed the development of an evaluation method capable of qualitatively and quantitatively classify businesses’ performance on sustainability. This index has 41 indicators, divided by four areas which of those, 13 are social indicators, 10 technical-economical, 11 environmental and 7 handling and well-being. Gathering the information needed for the index development, must be done through a questionnaire, also formulated in this essay, which is given to the farm’s owner or person in charge. This questionnaire is made of 70 questions about characteristics and performance of the farm as well as working conditions for the employees. For each indicator disclosed, it was formulated an assessment scale so that it is possible to evaluate the company. The definition of the assessment scales chosen, was made so that it is possible to evaluate the different indicators, from various areas in the same qualitative and quantitative scale. The validation of this sustainability index must be made after the method has been put into practice.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsrestrictedAccesspt_PT
dc.subjectÍndice de Sustentabilidadept_PT
dc.subjectindicadores técnico-económicospt_PT
dc.subjectindicadores sociaispt_PT
dc.subjectindicadores ambientaispt_PT
dc.subjectindicadores maneio e bem-estarpt_PT
dc.subjectsuiniculturapt_PT
dc.titleA sustentabilidade em suinicultura: proposta de um índice de classificação das exploraçõespt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sustentabilidade em Suiniculturas-Proposta de um indice de classificação das explorações Versão Final.pdf
  Restricted Access
1,11 MBAdobe PDFView/Open Request a copy
Declaração Tomás Pita.pdf
  Restricted Access
106,09 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.