Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9257
Title: Estudo da evolução da componente ácida na casta Tempranillo
Authors: Malheiro, Adriano Miguel dos Santos Silva
Advisor: Carvalho, João Manuel Pissarra Soeiro de
Caldeira, Joana
Keywords: pH
acidez total
formas de condução
Tempranillo
ciclo de maturação
Issue Date: 4-Sep-2018
Abstract: O objetivo da presente dissertação foca-se no estudo da evolução da componente ácida da casta Tempranillo em duas formas de condução (cordão simples ascendente e vaso) e a sua correspondente influência no vinho. Este trabalho foi realizado em duas parcelas da vinha de zona fria/temperada das Bodegas Finca La Emperatriz, situadas na região de La Rioja, Espanha. Fez-se o acompanhamento das uvas provenientes de cada uma das parcelas desde a data de 30 de agosto até ao final do processo de vinificação. Os dados indicaram que todas as evoluções dos compostos decorreram de acordo com o esperado. Os dados climáticos mostraram que a maturação tardia das uvas da casta Tempranillo se deveu essencialmente ao facto das vinhas se encontrarem numa zona relativamente fria. Os valores de pH, grau alcoólico provável e de IC revelaram ser mais altos nas uvas, mostos e vinhos referentes à parcela 2, com videiras conduzidas em vaso. Nos restantes parâmetros não se revelaram correlações nas análises das uvas, mostos e vinhos. As uvas provenientes de videiras conduzidas em vaso atingiram mais rapidamente a maturação, levando assim a uma vindima mais precoce, indicando que as duas formas de condução analisadas mostraram comportamentos distintos durante o ciclo de maturação das uvas, não se verificando, no entanto, diferenças aquando da análise sensorial. Foram evidenciados decréscimos nos teores de cálcio antes da vindima, sendo este um comportamento necessário para o amolecimento das uvas. Denotou-se um decréscimo dos iões cálcio e potássio durante a fermentação alcoólica
The main goal of this dissertation is to study the evolution of the acid component of the Tempranillo grape variety in two vine trainings (Single Corden and Goblet) and their correspondent influence on wine. This work was developed in two allotments of the Bodegas Finca La Emperatriz vineyard, in La Rioja region, Spain, inserted in a cold/temperate climate zone. The grapes from each allotment were monitored from August 30th until the end of the vinification process. The data indicated that the evolution of all compounds has proceeded as expected. Climatic data indicate that the late ripening of Tempranillo grapes is mainly due to the fact that the vines are inserted in a relatively cold zone. The values of pH, probable alcoholic level and color index were higher in grapes, musts and wines from allotment 2 with Goblet vines. There were no correlations of the other measured parameters of grapes, musts and wines. The grapes from Goblet vine trainings reached sooner the ripening stage that led to an earlier harvest, indicating that the two analyzed vine trainings showed different behaviors during the life cycle of the grapes, however no differences were observed in the sensory analysis. It was noticed a decrease in the calcium content before harvest, which is a necessary behavior for the grapes to become softer. During alcoholic fermentation, a decrease in calcium and potassium ions content was verified.
Description: Dissertação de Mestrado em Enologia e Viticultura
URI: http://hdl.handle.net/10348/9257
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DAGRO - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO.pdf1,3 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.