Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9261
Title: Suporte Social, satisfação com a vida e competências em idosos rurais no espaço Eurocidade Chaves-Verin – contributos para desenvolvimento de estratégias em Animação Sociocultural
Authors: Cunha, Lúcia Pereira da
Advisor: Loureiro, Armando Paulo Ferreira
Pereira, Fernando Augusto
Issue Date: 18-Dec-2018
Abstract: O rápido envelhecimento da população e a sua concentração em centros urbanos em detrimento das zonas rurais tem implicações no desenvolvimento socioeconómico, no despovoamento e com repercussões na vivência da velhice e na qualidade de vida dos idosos. Com este trabalho pretendemos perceber como vivem as populações de idosos em zonas rurais, estudando a satisfação com suporte social e a satisfação com a vida, assim como as competências/motivações e interesses pessoais dos idosos e perceber como a Animação Sociocultural (ASC) poderá contribuir para inclusão do idoso na comunidade, para o reforço do suporte social e da satisfação com a vida, bem como valorizar o património identitário e cultural. Inquirimos 60 idosos na zona transfronteiriça Chaves-Verin, porque, acreditamos que estes espaços de fronteira têm realidades semelhantes e partilham as mesmas questões num contexto da interculturalidade e intercâmbio. Deste grupo escolhemos 3 idosos para uma entrevista em profundidade de forma a recolher as suas histórias de vida. Verificamos que os idosos estão genericamente satisfeitos com a vida e com o suporte social. Verificamos também que são pessoas com vivências muito ricas, vidas sofridas e com um grande capital cultural, com os quais faria todo o sentido desenvolver projetos/ações apoiadas em princípios educativos e estratégias da ASC, numa perspetiva de educação permanente e envelhecimento ativo e do reconhecimento das capacidades e recursos dos idosos. Percebemos que a satisfação com a vida não depende de características sociodemográficas e que, quanto ao suporte social, a dimensão das atividades sociais apresenta os valores mais baixos e a dimensão família os valores mais altos. Isto alerta-nos para a problemática do êxodo dos mais novos e, consequentemente, do isolamento dos idosos, bem como da necessidade de criar atividades sociais de acordo com as necessidades dos idosos. Através das histórias de vida verificamos a importância de aspetos psicológicos, sociológicas, místicas-religiosas, entre outros. Assim, a ASC poderá ter um papel importante na melhoria da vida destes idosos permitindo encontrar caminhos de atuação, nomeadamente, possibilitar a criação de novas relações e perceber de que forma os idosos estariam motivados para participar ativamente no seu desenvolvimento pessoal e no desenvolvimento da sua comunidade, possibilitando uma maior dinâmica sociocultural e económica
The rapid aging of the population, and its concentration in urban centers in detriment of rural areas, has implications for socioeconomic development, depopulation and with repercussions on quality of life of the elderly. With this work we intend to understand how elderly people live in rural areas, studying the satisfaction with social support and satisfaction with life, as well as the competences / motivations and personal interests of the elderly and to understand how the ASC can contribute to the inclusion of the elderly in the community, to reinforce social support and satisfaction with life, as well as to value the cultural and identity heritage. We inquired 60 elderly people in Chaves-Verin, because, we believe, that these border area has similar realities that could be shared in a context of interculturality and exchange. From this group we chose 3 persons for in order to collect their life stories. We found that the elderly are generally satisfied with life and social support. We also find that they are people with very rich experiences, suffering lives and great cultural capital, with whom it would make sense to develop projects / actions based on ASC's educational principles and strategies, under a perspective of lifelong education and active aging and the recognition of the capacities and resources of the elderly. We realized that satisfaction with life does not depend on sociodemographic characteristics and regarding the social support, the dimension of social activities presents the lowest values and the family dimension the highest values. This alerts us to the problem of the exodus of the youngest and the isolation of the elderly, and to the need to create social activities according to the needs of the elderly. Through the life histories we verify the importance of psychological, sociological, mystical-religious aspects, among others. Thus the ASC can play an important role in improving the lives of these elderly people, allowing them to find ways to create new relationships and to understand how the elderly are motivated to participate actively in their personal development and in the development of their community, making possible a greater sociocultural and economic dynamics.
Description: Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10348/9261
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DEP - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lúcia Pereira da Cunha.pdf1,49 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.