Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9367
Title: Vinculação e estilos parentais em adolescentes e jovens adultos: personalidade e regulação emocional no risco do uso das redes sociais
Authors: Monteiro, Bianca Catarina Abreu
Advisor: Mota, Ana Catarina Pires Pinheiro Da
Keywords: vinculação aos pais
regulação emocional
redes sociais
adolescentes e jovens adultos
Issue Date: 8-Apr-2019
Abstract: De acordo com a teoria da vinculação os indivíduos manifestam uma necessidade intrínseca para estabelecer laços afetivos com as figuras cuidadoras primárias. A vinculação segura aos pais e a gestão da regulação emocional poderá constituir um fator protetor face à adição à internet. O presente estudo tem como principal objetivo analisar o efeito da vinculação aos pais no desenvolvimento do risco do uso das redes sociais por adolescentes e jovens adultos, sendo ainda testado o papel moderador da regulação emocional na associação anterior. A amostra foi constituída por 936 indivíduos de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 14 e 20 anos. Foram utilizados como instrumentos de avaliação o Questionário de Vinculação ao Pai e à Mãe (QVPM), a Escala de Dificuldades na Regulação Emocional (DERS) e o Generalized Problematic Internet Use Scale 2 (GPIUS-2). Os resultados sugeriram que a inibição de exploração e individualidade na vinculação às figuras parentais tem um efeito preditor no risco do uso das redes sociais e que, os impulsos, enquanto dimensão da dificuldade de regulação emocional, desempenham um efeito de moderação na associação anterior. Os resultados serão discutidos à luz da teoria da vinculação, considerando a relevância da vinculação aos pais e a dificuldade da regulação emocional no desenvolvimento do risco do uso das redes sociais em adolescentes e jovens adultos.
According to the attachment theory, individuals manifest an intrinsic need to establish affective bonds with the primary caring figures. Secure attachment to parents and management of emotional regulation may be a protective factor to the internet addition. The main objective of this study was to analyze the effect of parents involvement in the development the risk of using social networks by adolescents and young adults, and the moderator role of emotional regulation in this association. The 936 participants in this study were between 14 and 20 years old, male and female sex. The Father and Mother Attachment Questionnaire (QVPM), the Emotional Regulation Difficulties Scale (DERS) and the Generalized Problematic Internet Use Scale 2 (GPIUS-2) were used as evaluation instruments. The results suggested that inhibition of exploration and individuality to parental figures has a predictive effect on the risk of using social networks, and that impulses, as a dimension of difficulty of emotional regulation, have a moderating effect on this association. The results will be discussed by the attachment theory, considering the relevance of parenting and the difficulty of emotional regulation in the development of the risk of using social networks in adolescents and young adults.
Description: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10348/9367
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DEP - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Versão final_Bianca Monteiro.pdf2,74 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.