Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9413
Title: Vivências de enfermeiros na unidade de cuidados intensivos – limitação do esforço terapêutico
Authors: Ferreira, Ângela Tatiana Neves
Advisor: Mártires, Maria Alice Rodrigues Dos
Almeida, Carlos Torres
Keywords: Limitação do esforço terapêutico
Cuidados de enfermagem
Issue Date: 14-May-2019
Abstract: A limitação do esforço terapêutico constitui um dos problemas centrais na prática dos cuidados de enfermagem especializados à pessoa em situação crítica no que diz respeito às questões relacionadas com o final da vida. Aprofundar esta temática, a partir das vivências dos enfermeiros que trabalham em unidades de cuidados intensivos, é de extrema importância, uma vez que a limitação do esforço terapêutico é uma prática que ocorre com alguma frequência. Para tal, a investigação centrou-se numa abordagem qualitativa, de natureza descritiva e analítica. O método de recolha de dados foi a entrevista semi-estruturada e teve como técnica de tratamento de dados a análise de conteúdo. Foram definidos como participantes no estudo, enfermeiros a exercer funções numa unidade de cuidados intensivos de um centro hospitalar do norte do País. Foi possível perceber que os enfermeiros, perante uma situação de limitação do esforço terapêutico, apresentam sentimentos positivos de alívio, sensação de dever cumprido e tranquilidade, e sentimentos negativos de revolta, tristeza, angústia, frustração, impotência e desconforto. Como dificuldades sentidas pelos enfermeiros perante a indicação de limitação do esforço terapêutico, salienta-se a não participação no processo de tomada de decisão, o facto de não existir uma prescrição de limitação do esforço terapêutico, a não existência de protocolos em unidade de cuidados intensivos sobre limitação do esforço terapêutico, a incompreensão de atitudes terapêuticas, medidas de conforto instituídas e apoio à família. Como estratégias que lhes permita lidar com a indicação de limitação do esforço terapêutico, os resultados evidenciaram distanciamento, conformismo, maturidade, cuidado confortador e compreensão das medidas instituídas. Morrer com dignidade, representa para os enfermeiros deste estudo, ausência de sofrimento, presença da família, conforto e evitar a distanásia. Estes resultados permitem uma compreensão mais abrangente do objeto em estudo e podem orientar a prática de cuidados de enfermagem especializados, prestados à pessoa em situação crítica e com indicação de limitação do esforço terapêutico, mais congruente com a realidade, salvaguardando o respeito pela dignidade da pessoa em fim de vida.
Limitation of therapeutic effort is one of the central problems in the practice of specialized nursing care for the critically ill person with regard to end-of-life issues. Deepening this theme, based on the experiences of nurses working in intensive care units, is extremely important, since the limitation of therapeutic effort is a practice that occurs with some frequency. To this end, the research focused on a qualitative, descriptive and analytical approach. The method of data collection was the semi-structured interview and had data analysis technique as content analysis. Nurses working in an intensive care unit of a hospital in the north of the country were defined as participants in the study. It was possible to perceive that nurses, faced with a limitation of the therapeutic effort, present positive feelings of relief, sense of duty fulfilled and tranquility, and negative feelings of revolt, sadness, anguish, frustration, impotence and discomfort. As difficulties experienced by nurses in relation to the indication of limitation of the therapeutic effort, the lack of participation in the decision-making process, the fact that there is no prescription of limitation of the therapeutic effort, the absence of protocols in an intensive care unit on the limitation of the therapeutic effort, the incomprehension of therapeutic attitudes, measures of comfort instituted and support to the family. As strategies that allow them to deal with the indication of limitation of therapeutic effort, the results showed distancing, conformism, maturity, comforting care and understanding of the measures instituted. Dying with dignity, represents for the nurses of this study, absence of suffering, family presence, and comfort and avoiding dysthanasia. These results allow a more comprehensive understanding of the object under study and can guide the practice of specialized nursing care provided to the person in critical situation and with an indication of limitation of the therapeutic effort, more congruent with reality, safeguarding respect for the dignity of the person in order to life.
Description: Dissertação de Mestrado em Enfermagem da Pessoa em Situação Crítica
URI: http://hdl.handle.net/10348/9413
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DERMC - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ângela Tatiana Neves Ferreira.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.