Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9605
Title: Capacitação dos colaboradores da Câmara Municipal de Vila Real sobre suporte básico de vida: relação com a autoeficácia
Authors: Carril, Márcia Filipa Batista
Advisor: Pereira, Maria Da Conceição Alves Rainho ...
Monteiro, Maria João Filomena Dos Santos ...
Keywords: suporte básico de vida
conhecimentos
Issue Date: 4-Dec-2019
Abstract: O presente relatório enquadra-se no desenvolvimento da unidade curricular Estágio e Relatório do Mestrado em Enfermagem Comunitária da Escola Superior de Saúde da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que decorreu de 14 de setembro de 2015 a 29 de janeiro de 2016 e visava o desenvolvimento de competências específicas no âmbito da Enfermagem Comunitária. No decurso do mesmo desenvolvemos um estudo empírico intitulado “Capacitação dos colaboradores da Câmara Municipal de Vila Real sobre suporte básico de vida: relação com a autoeficácia”. As doenças cardiovasculares são uma das principais causas de morte não só em Portugal, mas também na Europa e na maioria dos países desenvolvidos. Neste sentido, é importante qualificar a população leiga em suporte básico de vida para assegurar as condições para a intervenção de primeira linha, antes da chegada dos meios de socorro profissional. A rapidez no socorro à vítima de paragem cardiorrespiratória pode representar a diferença entre a sobrevivência ou não, e, em caso de sobrevivência pode minimizar a ocorrência de sequelas. O presente estudo teve como objetivo avaliar os conhecimentos antes e após o projeto de intervenção “capacitar para salvar” e as competências após a implementação do mesmo e a relação entre autoeficácia geral e os conhecimentos e competências sobre suporte básico de vida (SBV). Foi realizado um estudo descritivo longitudinal, quase experimental de abordagem quantitativa. Participaram no estudo 97 colaboradores da Câmara Municipal de Vila Real. Para a recolha de dados utilizou-se um questionário, sendo a primeira parte de caracterização sociodemográfica e a segunda integrava questões relativas à avaliação de conhecimentos sobre SBV e a escala de autoeficácia de Bandura. Para a avaliação de competência sobre SBV foi utilizada uma grelha de observação. Tendo em conta os resultados obtidos, o projeto de intervenção “Capacitar para Salvar” contribuiu para a aquisição de conhecimentos em SBV. Quanto às competências sobre SBV evidenciou-se a necessidade de reforçar o processo formativo, pois algumas relacionadas com a execução de determinados procedimentos foram menos desenvolvidas pelos participantes. Não se constatou relação entre a autoeficácia geral e os conhecimentos e competências sobre SBV.
This report is part of the development of the curricular unit and Internship and Report of the Masters in Community Nursing at the Health School, University of Trás-os-Montes and Alto Douro. The internship occured from September 14, 2015 to January 29, 2016 and aimed the development of specific skills in the field of Community Nursing. During the same internship we developed an empirical study titled "Empowerment of employees of Vila Real Municipal Council on basic life support: relationship with self-efficacy". Cardiovascular diseases are one of the main causes of death not only in Portugal, but also in Europe and most developed countries. In this sense, it is important to qualify the lay population in basic life support to ensure the conditions for first-line intervention, before the arrival of the professional relief facilities. The rapid assistance of victims of cardiorespiratory arrest may represent the difference between survival and non-survival and, in case of survival, can minimize the occurrence of sequelae. The objective of this study was to evaluate the knowledge before and after the "empowering to save" intervention project and to evaluate the competences after its implementation. I was also an objective of the study to evaluate the relationship between general self-efficacy and basic life support (BLS) knowledge and skills. A longitudinal, quasi experimental, quantitative approach was performed. A total of 97 employees of the Vila Real Municipal Council participated in the study. For the data collection, a questionnaire was used. The first part included a sociodemographic characterization, and the second part questions to evaluate the knowledge about BLS the self-efficacy, using the Bandura's self-efficacy scale. An observation grid was used for the assessment of skills on BLS. Considering the results obtained, the "Empower to Save" intervention project contributed to the acquisition of BLS knowledge. Regarding the BLS skills, the need to reinforce the training process was evidenced, since some skills related to the execution of certain procedures were less developed by the participants. There was no relationship between general self-efficacy and knowledge and skills on BLS.
Description: Relatório de Estágio em Mestrado em Enfermagem Comunitária
URI: http://hdl.handle.net/10348/9605
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DESMC - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Márcia Filipa Batista Carril.pdf
  Until 2020-12-04
2,33 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.