Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9675
Title: Requalificação do espaço público em frentes de água: o caso da Vila de Ferragudo
Authors: Monteiro, Miguel Alexandre Baptista
Advisor: Costa, Laura Cristina Roldão E
Keywords: Paisagem de água
frentes de água
Issue Date: 18-Dec-2019
Abstract: O elemento água assume-se na maioria das vezes como a principal razão para a origem e desenvolvimento de uma cidade, e as frentes urbanas que lhe estão associadas constituemse como zonas de enorme potencial para a dinamização dessas cidades e das suas populações. Ao longo do tempo estas frentes de água sofreram transformações, função das atividades, tecnologia e conhecimento, tornando-se espaços marcantes no território. Atividades de comércio, produção e distribuição ligadas ao mar ou rio criaram grande pressão sobre as frentes de água urbanas. Recentemente as tecnologias, expansão dos sistemas de transportes e o declínio das atividades marítimas e fluviais levaram ao abandono e posterior degradação destes espaços, criando-se grandes pressões sobre os sistemas ecológicos e urbanos. Nas últimas décadas a alteração do paradigma levou a que as populações se voltassem para os rios entendendo-os como elementos de valorização ecológica, cultural, social e económica das cidades, passando-se assim a entender as suas dinâmicas naturais, a história e cultura e a relação que cada um pode estabelecer com o espaço enquanto elemento de recreio e de mobilidade. Os órgãos governamentais têm apoiado e dinamizado processos de requalificação das frentes de água com o objetivo de criar cidades com menor impacto ecológico. Com vista ao correto ordenamento, atualização dos espaços e requalificação dos mesmos, estas áreas passam a ser entendidas como oportunidades para preencher vazios e para se determinarem novas funções e centralidades urbanas, tendo como principal fator de valor paisagístico a presença da água enquanto elemento fundamental de planeamento e conforto. É a partir desta premissa que se desenvolve o projeto de requalificação da frente de água urbana da vila de Ferragudo, margens direita e esquerda da ribeira do Vale do Regato, linha de água que desagua praticamente na foz do rio Arade. Pretende-se com este trabalho a definição de um programa formal de reformulação e revitalização de uma frente de água, promovendo-se o espaço público da vila por ser entendido como elemento de conexão entre as frentes de água e a cidade.
The water element is often assumed as the main reason for the origin and development of a city, and the urban fronts associated with it constitute areas of enormous potential for the dynamization of these cities and their populations. Over time these waterfronts have undergone transformations, function of the activities, technology and knowledge, becoming important spaces in the territory. Commercial activities, production and distribution linked to the sea or the river created great pressure on the urban waterfronts. Recently, technologies, expansion of transport systems and the decline of maritime activities have led to the abandonment and later a degradation of these spaces, creating great pressures on ecological and urban systems. In the last decades, the change of the paradigm has led the population to turn to the rivers, understanding them as elements of ecological, cultural, social and economic valorization of the cities, understanding their natural dynamics, history and culture, and the relation that each can establish with the space as element of recreation and of mobility. Government agencies have been supporting and streamlining processes to reclaim waterfronts with the objective of creating cities with less ecological impact. In line with correct planning, updating and re-qualification of these spaces, these areas will be understood as opportunities to fill vacancies and to determine new functions and urban centralities, with the main factor of landscape value being the presence of water as a fundamental element of planning and comfort. It is from this premise that the project of requalification of the urban waterfront of the village of Ferragudo is developed, right and left bank of the Vale do Regato stream, a water line that flows practically at the mouth of the river Arade. The aim of this work is the definition of a program for reformulation and revitalization of the waterfront, promoting the village public space because it is understood as an element of connection between the waterfronts and the city.
Description: Relatório Final de Mestrado em Arquitetura Paisagista
URI: http://hdl.handle.net/10348/9675
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DCFAP - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relatório Final de Mestrado_Arquitetura Paisagista.pdf
  Until 2022-12-18
9,41 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.