Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9694
Title: Pesquisa de Trichinella spp. em javalis na região de Trás-os-Montes
Authors: Fernandes, Ana Raquel Garcez
Advisor: Pinto, Maria Madalena Vieira
Keywords: digestão artificial
javali
Issue Date: 10-Dec-2019
Abstract: Os nemátodes do género Trichinella apresentam distribuição cosmopolita e um espectro alargado de hospedeiros que compreende mamíferos, aves e répteis. A triquinelose está associada ao consumo de carne proveniente de espécies hospedeiras deste parasita. A carne de javali e seus derivados representa a segunda maior fonte de infeção por Trichinella spp. para o ser humano a nível mundial. Em Portugal, à semelhança do que acontece no resto da Europa, as populações de javalis aumentaram nas últimas décadas. No nosso país a caça representa uma atividade económica e social de elevada importância, sendo o javali uma das espécies de caça maior mais apreciadas. O consumo de carne de javali, de forma direta ou utilizada no fabrico de enchidos caseiros representa uma tradição para os caçadores e suas famílias. Na época de caça 2017-2018, foi comprovada em Portugal a presença do agente causal da triquinelose em javalis abatidos em zonas de caça localizadas na região de Trás-os-Montes, o que levou à identificação de uma área de risco, com implementação de medidas específicas de proteção da saúde pública nessa área. Com o objetivo de conhecer a situação sanitária das populações de javalis relativamente a Trichinella spp., e avaliar a importância que o consumo de carne de javali pode ter na saúde pública, entre fevereiro de 2018 e junho de 2019 foi feita pesquisa de Trichinella spp. em 485 amostras de carne de javali, 348 (71,8%) das quais provenientes da área de risco. Nenhuma das amostras apresentou resultado positivo. Durante o período de estudo foram efetuados questionários com o objetivo de avaliar o conhecimento das populações mais expostas ao risco de infeção por Trichinella spp. Foram inquiridos 100 caçadores, em montarias da região de Trás-os-Montes, e 72 produtores de suínos do conselho de Vinhais. Apesar da falta de informação, é de notar que há um interesse e preocupação crescentes acerca desta temática. Face à situação epidemiológica, salienta-se que a vigilância é uma necessidade, e que o despiste de Trichinella spp. em carne de javali para autoconsumo deve manter-se e ser reforçada particularmente nas ações de caça na área de risco. Importa assim reforçar a relevância que o Médico Veterinário pode assumir como elemento chave para a informação das populações, promovendo a sensibilização para a adoção de medidas preventivas e de controlo para mitigar o risco de infeção por Trichinella spp. associada ao consumo de carne.
Nematodes of the genus Trichinella have a cosmopolitan distribution and a broad spectrum of hosts comprising mammals, birds and reptiles. Trichinellosis is associated with meat consumption from host species of this parasite. Meat and meat products from wild boar are the second major source of Trichinella spp. infection to human beings worldwide. In Portugal, as in the rest of Europe, wild boar populations have increased in recent decades. In this country, hunting represents a highly important economic and social activity, being wild boar one of the most appreciated large game hunting species. The consumption of wild boar meat, either directly or used in homemade sausages, represents a tradition for hunters and their families. In the 2017-2018 hunting season, the causal agent of trichinellosis was confirmed in Portugal in wild boars slaughtered in hunting areas located in the Trás-os-Montes region, leading to the identification of a risk area and the implementation of specific public health protection measures in that area. In order to acknowledge the health status of wild boar populations in relation to Trichinella spp., and thus to assess the importance that the consumption of wild boar meat may have in public health, between February 2018 and June 2019, a total of 485 wild boar meat samples were tested for Trichinella spp, 348 (71.8%) of which from the risk area. None of the samples tested positive. Questionnaires were conducted during the study period in order to assess the knowledge of populations most exposed to the risk of Trichinella spp. infection. A total of 100 hunters, in mounts in the Trás-os-Montes region, and 72 pig producers in the municipality of Vinhais were surveyed. Despite the lack of information, it should be noted that there is a growing interest and concern about this topic. Given the epidemiological situation, it is emphasized that surveillance is a necessity and that testing for Trichinella spp. in boar meat for self-consumption should be maintained and reinforced, particularly in hunting activities in the risk area. Therefore, it is important to reinforce the relevance that the Veterinarian can assume as a key element informing the population, promoting awareness for the adoption of preventive and control measures to mitigate the risk of Trichinella spp. infection associated with meat consumption.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10348/9694
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pesquisa de Trichinella em javalis na região de Trás-os-Montes.pdf3,33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.