Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9711
Title: Efeito do estatuto positivo de Paratuberculose em bovinos sobre os resultados das provas de Intradermotuberculinização
Authors: Silva, Ana Teresa Silveira
Advisor: Coelho, Ana Cláudia Correia
Rocha, Balbino Manuel Escórcio Florença
Keywords: Tuberculose
bovinos
Issue Date: 31-Jan-2020
Abstract: A erradicação da Tuberculose em bovinos (bTB) tem sido um grande objetivo, quer para as comunidades agrícolas, quer para as autoridades públicas. São poucas as patologias, que tal como a bTB, geram tantos incómodos emocionais, económicos e também a nível de saúde pública. Esta é uma doença infeciosa provocada por bactérias álcool-ácido-resistentes do género Mycobacterium, mais concretamente pelo agente M. bovis. O programa português de controlo e erradicação da bTB visa a redução da incidência e prevalência nos efetivos, delimitando áreas oficialmente indemnes de tuberculose, até que englobe a plenitude do território nacional – erradicação da doença. Desta forma, recorre a uma estratégia de rastreio e abate de animais positivos, dependendo, assim, do desempenho das provas de Intradermotuberculinização. A Paratuberculose (ou Doença de Johne’s) é uma enterite granulomatosa crónica e contagiosa, que se manifesta por meio de diarreia persistente, perda de peso progressivo, debilidade e que é, invariavelmente, fatal. No presente estudo pretendeu-se avaliar o efeito de alguns fatores demográficos ou de estatuto sanitário que poderiam interferir sobre estas provas. Numa primeira fase foram analisados os resultados das provas de Intradermotuberculinização de 1112 bovinos, originários do distrito de Braga, mais especificamente do concelho de Vila Nova de Famalicão, relacionando-se as médias com as seguintes variáveis categóricas: sexo, idade, aptidão, ano e estação do ano. Num segundo estudo, analisou-se uma população de 644 bovinos, provenientes de distritos do norte de Portugal (Viana de Castelo, Braga e Porto), dos quais se selecionaram 16 animais que apresentavam seropositividade para a Paratuberculose. O objetivo deste estudo era o de examinar se existiria algum tipo de relação entre esta seropositividade e os resultados das provas de tuberculina. Na análise estatística pôde-se observar a existência duma possibilidade de a idade dos animais poder determinar o seu tempo de exposição aos agentes, desencadeando reações mais exuberantes às tuberculinas. No que concerne ao sexo e aptidão, apesar de se observarem diferenças estatisticamente significativas, os efeitos que se observam têm pouca explicação na bibliografia, podendo dever-se apenas às diferentes espessuras de pele que se observa para cada grupo. Já no que respeita às diferenças entre os anos, a bibliografia também não justifica as diferenças observadas entre os anos em estudo, sendo que as alterações possam dever-se ao facto dos testes terem sido realizados por pessoas diferentes e, em condições também elas diferentes. Além disto, também se demonstrou uma relação significativa com as estações do ano, estabelecendo-se uma hipótese sobre a possibilidade de existirem estações, que favorecem o desenvolvimento e proliferação dos microrganismos em estudo. Embora não se tenha conseguido obter resultados significativos relativamente ao efeito da seropositividade para a Paratuberculose, sobre os resultados das provas de tuberculina, a pesquisa bibliográfica levantou suspeitas acerca duma eventual relação entre os fatores. Com o conhecimento dos fatores que possam de alguma forma influenciar a performance das provas de intradermotuberculinização, tornar-se-á possível aprimorar esta prova diagnóstica, de modo a tornar o plano de controlo e erradicação da bTB mais eficaz e, assim, aproximarmo-nos do objetivo que é a erradicação da doença.
The eradication of Tuberculosis in cattle (bTB) has been a major objective for both agricultural communities and public authorities. Not many pathologies raise as many emotional, economical and public health issues as bTB does. This infectious disease is caused by acid-fast bacteria of the Mycobacterium genus, more specifically by M. bovis. The Portuguese control and eradication programme for bTB aims to reduce the incidence and prevalence in herds, establishing official bTB-free areas on the verge to cover the whole national territory – disease’s eradication. It relies on a testing and slaughter strategy, relying on the accuracy of the tuberculin test. Paratuberculosis (or Johne’s disease) it’s a contagious chronic granulomatous enteritis, that causes persistent diarrhoea, progressive loss of weight, debility and ultimately death. In this study we tried to evaluate the effect that some demographic factors or the health status of animals could have in the tuberculin testing. At first, we analysed the results of this test in a population of 1112 animals from one of the counties in the Braga district, Vila Nova de Famalicão, establishing a relation between the means and the following categorical variables: sex, age, aptitude, year of testing and season. In a second study we analysed a population of 644 animals from three districts in the north of Portugal (Viana de Castelo, Braga and Porto), from which we selected the animals that showed seropositivity to Paratuberculosis. The purpose of this study was to examine if there was some relation between this seropositivity and the tuberculin test results. The statistical analysis showed a possibility of age being able to determine the exposure to the organisms, which can induce more exuberant reactions to tuberculins. Concerning sex and aptitude, although there were statistically significant differences, the effects observed have little explanation in the bibliography, which may be due only to the different skin thickness observed for each group of animals. Regarding the differences between the years studied, the bibliography doesn’t support the effects observed. These differences may be seen because these tuberculin tests were performed by different people, in different circumstances. Also a significant relation with the seasons was demonstrated, stablishing a hypothesis of a possibility of existing seasons that provide better conditions to the development of the organisms studied. While results weren’t significant regarding the effect of the seropositivity of Paratuberculosis in the tuberculin tests, the bibliography raised suspicion about the existence of a possible link between these two factors. With the knowledge of the factors that can affect the performance of the tuberculin testing, it might be possible to improve this diagnostic test, which could turn the eradication and control programmes more efficient, taking us one step closer to the main goal, which is the achievement of the eradication of the disease
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10348/9711
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DCV - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Teresa Silveira Silva.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.