Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/9734
Título: Patologias relacionadas com a vitamina D. Níveis séricos na população de Vila Real de acordo com os dados fornecidos pelo Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
Autor: Stroia, Délia
Orientador: Antunes, Maria Cristina Guiomar
Carvalho, José António de
Palavras-chave: vitamina D
patologias clínicas
Data: 2-Out-2019
Resumo: A vitamina D é essencial ao bom funcionamento do organismo e a sua origem pode ser dietética ou corporal através da ação da radiação UVB sobre o 7-dihidrocolesterol. Possui um recetor nuclear expresso em quase todos os tipos de células tendo como função a expressão génica. As proteínas produzidas são essenciais às funções vitais e a uma saúde plena. O objetivo do trabalho é: averiguar quais as doenças mais relacionadas com a concentração sérica de vitamina D, descobrir se há doenças mais propícias de surgir em homens ou mulheres, relacionar, em cada género, as dez doenças estudadas com a idade, ver quais as doenças mais frequentes e menos frequentes em pacientes com deficiência da vitamina. Foram analisadas as fichas clínicas de 708 pacientes de entre os quais 383 do sexo masculino e 325 do sexo feminino; 580 com deficiência em vitamina D (< 20 ng/mL) e 128 com níveis normais (30-100 ng/mL), em pacientes adultos e idosos, entre 30 e 99 anos, e realizaram-se quatro estudos estatísticos: a influência da concentração sérica de vitamina D na saúde (estudaram-se dez doenças); influência do género com cada uma das dez doenças para averiguar quais são mais frequentes nos homens ou nas mulheres; e a influência da idade (dentro de cada género) com as doenças; e por último fez-se a contagem dos pacientes para cada uma das dez doenças (com insuficiência de vitamina D), no distrito de Vila Real, através de dados obtidos no Hospital de Trás-os-Montes e Alto Douro. Os dados fornecidos pelo hospital, no Serviço de Patologia Clínica, foram retirados através do programa SClinic e analisados no programa de estatística SPSS. Estes foram organizados por sexo, primeiro semestre dos anos 2016, 2017 e 2018, concentração sérica de vitamina D (deficiência e suficiência) e grupos de idades de 30 a 65 e 65 a 99 para o sexo masculino e de 30 a 50, de 50 a 65 e de 65 a 99 para o sexo feminino. Laboratorialmente, a determinação da vitamina D sérica realizou-se no autoanalisador Architect 2000i pelo método imunológico de quimioluminescência, utilizando um kit de reagentes constituído por micropartículas revestidas com IgG (imunoglobulinas G) antivitamina D (monoclonal de coelho) em tampão MES, um conjugado de vitamina D marcada com acridínio em solução tampão MES e surfactante, tampão citrato com EDTA, metanol, ácido 8-anilino-1-naphthalenesulfonic (ANSA) e surfactante (produzidos na Irlanda pela Abbott). De acordo com os resultados estatísticos obtidos as doenças que mais se associam com o nível sérico de vitamina D são as hepáticas e os distúrbios mentais e as que apresentam menor associação são as infeções, as neoplasias e as lesões: fraturas ósseas. No estudo estatístico que associa o género às doenças observa-se que as únicas doenças independentes do sexo são as fraturas ósseas e as neoplasias, enquanto que as outras são mais frequentes num dos sexos. A associação da idade às doenças sugere maior associação às infeções, obesidade, hipertensão, doenças renais e diabetes mellitus. Os três primeiros estudos são relativos à totalidade dos pacientes, 708. Em relação ao último estudo, as doenças mais frequentes na população de vila real (estudo realizado sobre a amostra de pacientes deficitários em vitamina D, 580) são as infeções, a hipertensão e, com percentagens similares, as doenças renais, obesidade e neoplasias, com 55,9; 47,8; 32,8; 31,9 e 31,6%, respetivamente. É importante manter uma concentração ótima de vitamina D no organismo para uma boa saúde física e mental e, portanto, melhor qualidade de vida. Uma simples caminhada ou a redução do uso de protetor solar nas horas de menos calor são opções para a ativação do mecanismo de formação da vitamina D.
Vitamin D is essential to the proper functioning of the body and its origin can be dietary or body through the action of UVB radiation on 7-dihydrocholesterol. It has a nuclear receptor expressed in almost all cell types for gene expression function. The proteins produced are essential for vital functions and full health. The objective of the work is: to find out which diseases are more related to serum vitamin D concentration, to find out if there are diseases more likely to appear in men or women, to relate, in each gender, the ten diseases studied with age, to see which more frequent and less frequent diseases in patients with vitamin deficiency. The clinical records of 708 patients were analyzed, including 383 males and 325 females; 580 with vitamin D deficiency (<20 ng / mL) and 128 with normal levels (30-100 ng / mL) in adult and elderly patients between 30 and 99 years, and four statistical studies were performed: the influence of serum vitamin D concentration in health (ten diseases were studied); gender influence with each of the ten diseases to determine which are more common in men or women; and the influence of age (within each gender) on disease; Finally, the patients were counted for each of the ten diseases (with vitamin D insufficiency), in Vila Real district, through data obtained at the Trás-os-Montes and Alto Douro Hospital. The data provided by the hospital in the Clinical Pathology Service were taken through the SClinic program and analyzed using the SPSS statistics program. These were organized by sex, first semester of 2016, 2017 and 2018, serum vitamin D concentration (deficiency and sufficiency) and age groups from 30 to 65 and 65 to 99 for males and from 30 to 50 from 50 65 and 65 to 99 for females. Laboratory determination of serum vitamin D was performed on the Architect 2000i autoanalyzer by the chemiluminescence immunoassay using a reagent kit consisting of anti-vitamin D (rabbit monoclonal) IgG (immunoglobulin G) coated microparticles in MES buffer, a acridinium-labeled vitamin D conjugate in MES buffer and surfactant, citrate buffer with EDTA, methanol, 8-anilino-1-naphthalenesulfonic acid (ANSA) and surfactant (produced in Ireland by Abbott). According to the statistical results obtained, the diseases that are most associated with serum vitamin D level are liver and mental disorders and those with the lowest association are infections, neoplasms and injuries: bone fractures. In the statistical study that associates gender with diseases, it is observed that the only diseases independent of sex are bone fractures and neoplasms, while the others are more frequent in one sex. The association of age with disease suggests a greater association with infections, obesity, hypertension, kidney disease and diabetes mellitus. The first three studies concern all patients, 708. In relation to the last study, the most common diseases in the Vila Real population (study conducted on the sample of vitamin D deficient patients, 580) are infections, hypertension and, with similar percentages, kidney diseases, obesity and neoplasms, with 55.9; 47.8; 32.8; 31.9 and 31.6%, respectively It is important to maintain an optimal concentration of vitamin D in the body for good physical and mental health and thus a better quality of life. A simple walk or reduced use of sunscreen in less hot hours are options for activating the mechanism of vitamin D formation.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de mestre em Biologia Clínica Laboratorial
URI: http://hdl.handle.net/10348/9734
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:DEBA - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Final.pdf435,25 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.