Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9793
Title: Comportamento higiénico na Apis mellifera: comparação de métodos de avaliação
Authors: Antunes, Beatriz Duarte
Advisor: Almeida, Paulo António Russo
Keywords: Apis mellifera
avaliação
Issue Date: 17-Jan-2020
Abstract: O comportamento higiénico consiste na capacidade de algumas obreiras de detetar, desopercular os alvéolos e remover a criação morta/doente presente nos mesmos. Enquanto ferramenta essencial no melhoramento genético de abelhas, o comportamento higiénico é também um modo de defesa natural da colónia contra diversas ameaças, neste caso, relacionadas com a criação. Existem diferentes formas de avaliar este comportamento, entre elas, as convencionais são a técnica de congelação e a técnica de punção da criação, sendo esta última a mais utilizada na Europa para programas de seleção. No entanto, estas técnicas têm limitações a nível prático, pois exigem bastante tempo da parte do apicultor, material e precisão na aplicação das técnicas. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi a comparação dos métodos convencionais e o desenvolvimento de um novo método de avaliação mais prático, económico e fidedigno, de modo a tornar acessível e inequívoca a avaliação das colónias. Para o efeito realizaram-se dois ensaios. No primeiro (18 a 20 de junho de 2019) começou-se por realizar os 4 métodos simultaneamente em 14 colónias (técnica de congelação, técnica de punção, papel impregnado com macerado de zângãos, papel de controlo) para observação após 17 h, e no segundo (20 e 21 de agosto de 2019), aplicou-se novamente os métodos utilizando 13 colónias, com observação após 8 h. A evolução dos valores médios de comportamento higiénico da 1ª para a 2ª repetição na técnica de congelação (82,5% e 39,3%, respetivamente) e da técnica de punção (79,7% e 47%, respetivamente) demonstram que a redução do número de horas de observação pode comprometer os resultados. Observou-se um coeficiente de correlação significativo (P0,05) tanto na 1ª como na 2ª repetição. Quando os dados das duas repetições foram analisados conjuntamente, obteve-se um comportamento higiénico de 61,7% para a técnica de congelação e de 64% para a técnica de punção, com uma correlação estatisticamente significativa (r= 0,72 e P<0,05) tal como para o papel impregnado (67,6%). Uma vez que se observou uma rápida retirada do papel impregnado com macerado de zângãos tal como uma correlação significativa deste método com os convencionais, há a evidência de estímulo do comportamento higiénico, esperando-se a existência de um período de tempo adequado após o qual a percentagem de papel removido se correlacione com os valores obtidos com a técnica de congelação, que não tem que ser obrigatoriamente relativo ao mesmo período de tempo de avaliação. Assim será necessário realizar mais ensaios para estimar esses períodos de tempo de avaliação para os dois métodos.
The hygienic behaviour consists in the ability of some bees to detect, uncap the cells and remove the deceased/ill brood present in them. As a tool essential in the bees’ genetic breeding, the hygienic behaviour is also a system of natural defence for the colony against several threats, in this case related with the brood. There are several methods to evaluate this behaviour, among them, the conventional ones are the freezing technique and the brood puncture technique. This last one is the procedure mostly used in Europe for selection programs. However, these techniques have practical limitations, as they require a lot of time from the beekeeper, material and precision in applying techniques. This way, this study’s target was the comparison of the conventional methods and the development of a new evaluation method more practical, economic and trustworthy, in order to turn the colonies’ evaluation accessible and unambiguous. To pursue the goal, two trials were completed. In the first one (July 18th to 20th, 2019) the four methods were simultaneously performed in 14 colonies (freezing technique, puncture technique, paper impregnated with mashed drones, control paper) for observation after 17 hours, and in the second, (August 20th and 21st, 2019) the methods were reapplied using 13 colonies with observation after 8 hours. The evolution of the average hygienic behavior values from the 1st to the 2nd repetition in the freezing technique (82.5% and 39.3%, respectively) and the puncture technique (79.7% and 47%, respectively) shows that the reduction in the number of hours of observation may compromise the results. A significant correlation coefficient (P0.05) in both the 1st and the 2nd repetitions. When the data from the two replicates were analyzed together, a hygienic behavior of 61.7% for the freezing technique and 64% for the puncture technique was obtained, with a statistically significant correlation (r= 0.72 and P<0.05) as for the impregnated paper (67.6%). Since it was observed a rapid withdrawal of drone-macerated impregnated paper as well as a significant correlation of this method with the conventional ones, there is an evidence of hygienic behavior stimulus, it is expected that there is an adequate period of time can be expected after which the percentage of paper removed correlates with the values obtained with the freezing technique, which don’t necessarily have to be for the same evaluation period. This will require further testing to estimate this evaluation time periods for both methods.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica
URI: http://hdl.handle.net/10348/9793
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DZOO - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Beatriz Duarte Antunes.pdf
  Until 2021-01-17
2,32 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.