Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9872
Title: Criação de valores internos de referência do Laboratório de Patologia Clínica do Hospital Veterinário da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro para os tempos de protrombina e de tromboplastina parcial ativada para o cão no aparelho STart®4 (Stago)
Authors: Barbosa, Marta Daniela Faria
Advisor: Ferreira, Ana Cristina Silvestre
Pires, Maria João Miranda
Keywords: Hemóstase
Cão
Issue Date: 5-Feb-2020
Abstract: A hemóstase, é um processo fisiológico que apresenta como objetivo manter o sangue em estado fluído dentro dos vasos sanguíneos, sem que haja hemorragia ou trombose. A medicina sa um conjunto de testes de rotina, realizados em laboratório para avaliar as vias de coagulação. Os tempos de protrombina (TP) e de tromboplastina parcial ativada (TTPa) são, reconhecidamente, importantes meios de diagnóstico na prática Médico-Veterinária. A sua interpretação resulta da comparação dos resultados obtidos, com intervalos de referência (IR) existentes para a espécie. A escolha de IR adequados é fundamental para que os laboratórios forneçam informações fidedignas e que os clínicos interpretem corretamente os resultados pois cerca de 80% das decisões dos médicos são baseadas em informações fornecidas por relatórios laboratoriais. A criação de IR próprios de cada laboratório reflete a condição da população na qual estes testes serão aplicados no dia-a-dia. Para determinar limites de referência com intervalos de confiança de 90% é recomendado um mínimo de 120 indivíduos, contudo, na Medicina Veterinária é muito comum e frequentemente inevitável, a criação de intervalos de referência determinados a partir de amostras menores. A realização deste trabalho tem como objetivo principal criar IR internos para TP e TTPa no Start®4 (Stago) de uso no Hospital Veterinário da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (HVUTAD), no cão e avaliar os efeitos do género e da idade nos IR destes parâmetros laboratoriais. Para a realização deste estudo, foi recolhida informação de 223 cães. Após a aplicação dos nossos critérios de inclusão e de exclusão, a amostra final contém informação de 122 cães. No plasma, preparado por métodos de rotina, determinaram-se o TP e o TTPa no Start®4 (Stago), seguindo as instruções do fabricante. Os intervalos de referência que obtivemos foram de 6,7 10,8 segundos para o TP e 9 a 14,8 segundos para o TTPa. Quanto ao TP foi significativamente mais alto nas fêmeas do que nos machos e não se registaram diferenças estatisticamente significativas entre as 3 faixas etárias em estudo. Já para o TTPa não existiram diferenças significativas por género, mas existiram quanto à idade. Estes intervalos diferem daqueles do Laboratório de Patologia Clínica (LPC) do HVUTAD e da bibliografia.
Hemostasis, is the process by which blood keeps its fluid state inside blood vessels, without any hemorragic or thromboembolic accidents. Medicine uses a set of routine laboratory test, in order to evaluate coagulation pathways. Prothrombin and activated partial thromboplastin times (PT and aPTT) are important diagnostic methods in Veterinary practice. Its interpretation comes from comparing its results with reference intervals (RI) for each species. Choosing adequate RI is essencial for laboratories to give reliable information and so physicians can correctly interpretate results as 80% of medical decisions are based on information included in laboratory reports. Setting internal RI mimics de state of the population they are to be aplyed every day. To set reference limits with 90% confidence intervals a minimum of 120 individuals are recomended, however, in veterinary laboratories a lower number of samples is often, and frequently unavoidably used. The main objective of this work is to set internal RI for the PT and aPTT, in dogs, for the Start®4 (Stago) equipment in use in the Trás-os-Montes e Alto Douro University Veterinary Hospital (HVUTAD) and evaluate the effects of gender and age in the RI of these laboratory parameters. For use in this study, information was collected regardlessly of age, genre, breed of 223 dogs. After our inclusion and exclusion criteria have been aplied, our final sample size was 122 dogs. In blood plasma, obtained by routine procedures, PT and aPTT were evaluated usig the manufacturers instuctions in the Start®4 (Stago) equipment. Our obtained RI were 6,7 to 10,8 seconds for PT and 9 to 14,8 seconds for aPTT. For PT they were significantly higher in females than in males, and we have found no significantly diferences between our age groups. As for aPTT there were no signficant statistical diferences between genders but we have found diferences in diferent age groups. Our intervals were diferent from those in use in the HVUTAD Clinical Patology Laboratory (LPC) and those found in literature.
Description: Dissertação do Mestrado em Biologia Clínica Laboratorial
URI: http://hdl.handle.net/10348/9872
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DEBA - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Declaração Marta Daniela Faria Barbosa.pdf
  Restricted Access
1,47 MBAdobe PDFView/Open Request a copy
Validação Marta Daniela Faria Barbosa.pdf
  Restricted Access
97,87 kBAdobe PDFView/Open Request a copy
Dissertação Marta Daniela Faria Barbosa.pdf2,03 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.