Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/9971
Title: A influência de várias frequências de treino contra resistência na força muscular máxima e composição corporal em homens treinados
Authors: Seabra, Pedro da Silva
Advisor: Saavedra, Francisco José Félix
Keywords: Frequência
Treino de Força
Issue Date: 28-Mar-2020
Abstract: O objetivo deste estudo foi observar a influência de várias frequências de treino contra resistência na força muscular e composição corporal (massa corporal, massa magra e massa gorda), em homens familiarizados e treinados com o treino contra resistência. Foram inquiridos 18 indivíduos do sexo masculino (27,28 ±6,81 anos; 78,91±11,94 quilogramas; 1,74±0,07 metros). Os sujeitos foram divididos, em dois grupos, de acordo com a frequência semanal de treinos (G2-3, 2 a 3 vezes por semana e G4+ 4 vezes ou mais por semana). Em ambos os grupos, em dois momentos (pré e pós-teste), avaliamos 1RM nos exercícios de bench press, lat pull down e leg press e efetuamos medidas estimativas de composição corporal (massa corporal, massa magra, massa gorda e estatura), onde os indivíduos realizaram entre os dois momentos que teve um espaçamento de 12 semanas um treino tendo em conta do seu objetivo individual. Os resultados obtidos mostraram que o G4+ após 12 semanas do pré-teste obteve melhores resultados nos exercícios bench press (p≤0,00), lat pull down (p≤0,00) e leg press (p≤0,01). No entanto não foram observadas diferenças significativas na composição corporal. Estes resultados permitiram concluir que quanto maior a frequência de treinos melhores os resultados na força muscular. Estas evidências são de extrema importância de modo a prescrever e responder aos objetivos dos utentes, no menor período de tempo, para o aumento de força muscular máxima e possíveis alterações da composição corporal consideráveis.
The aim of this study was to observe the influence of different resistance training frequencies on muscle strength and body composition (body mass, lean mass and fat mass), in trained men with resistance training. We evaluated eighteen male subjects (27.28 ± 6.81 years; 78.91 ± 11.94 kg; 1.74 ± 0.07 meters). The subjects were divided into two groups, according to the weekly training frequency (G2-3, 2 to 3 times a week and G4+, 4 or more times a week). In both groups, in two moments (pre and post-test), we evaluated 1RM in the bench press, lat pull down and leg press exercises and performed measurements of body composition (body mass, lean mass, fat mass and height), where the individuals performed between the two moments that had a 12-week spacing, taking into account their individual goal. The results obtained showed that the G4+ after 12 weeks of the pre-test, obtained better results in the bench press (p≤0.00), lat pull down (p≤0.00) and leg press (p≤0.01). However, no significant differences in body composition were observed. These results allowed us to conclude that the higher frequency training, the better results in muscle strength we had. This evidence is extremely important in order to prescribe and respond to the participants objectives, in the shortest period of time, for the increase in maximum muscle strength and possible considerable changes in body composition.
Description: Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto Especialização em Avaliação e Prescrição de Atividade Fisica
URI: http://hdl.handle.net/10348/9971
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DCDES - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Pedro da Silva Seabra.pdf
  Until 2023-03-28
1,23 MBAdobe PDFView/Open Request a copy
Declaração Pedro da Silva Seabra.pdf
  Restricted Access
736,65 kBAdobe PDFView/Open Request a copy
Validação Pedro da Silva Seabra.pdf
  Restricted Access
734,8 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.