Relatório de Estágio no Grupo Desportivo de Bragança, na Equipa de Juniores B (Sub-17), na Época Desportiva 2021/2022

Data
2023-07-24
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente Relatório de Estágio foi realizado na equipa Sub-17 (Juniores B) do Grupo Desportivo de Bragança, que participou no Campeonato Nacional de Juvenis - Série A para a obtenção do grau de Mestre em Ciências do Desporto com Especialização em Jogos Desportivos Coletivos. O objetivo profissional era garantir a manutenção da equipa nos campeonatos nacionais para mudar a mentalidade e cultura desportiva de Bragança. Os objetivos pessoais passavam por evoluir como treinador, compreender a perceção dos atletas em relação à sua performance e manter uma relação séria, leal e afetiva com os elementos do meio envolvente. Os métodos de treino de preparação geral obtiveram muita pouca percentagem e isso explica-se pelo facto de os exercícios terem sempre muito presente a vertente do regime. As tarefas de Manutenção de Posse de Bola, correspondente aos Métodos Específicos de Preparação Geral foram o Método com mais tempo despendido, com 891 minutos. No entanto, é nos Métodos Específicos de Preparação que encontramos a maior percentagem de tempo divididos em Competição, Situações Fixas de Jogo, Sectores, Padronizados, Metaespecializados e Finalização. Na análise do produto, estão as informações sobre tudo o que foi observado na equipa, incluindo a presença nos treinos dos jogadores, a carga de treino, os métodos de treino utilizados e o desempenho da equipa no campeonato. Nos indicadores de competição, a equipa teve um desempenho aquém no campeonato, tendo vencido apenas um jogo, perdido 19 e empatado 2. A diferença entre golos marcados e sofridos foi de -81. Ao longo da época, foi desenvolvido um estudo sobre o Efeito da Idade Relativa na Série A do Campeonato Nacional U17 da época 2021/2022 e concluiu que os três primeiros classificados tinham acima de 60% do plantel nascido no Q1, enquanto os dois últimos classificados tinham menos de 35%. Estas variações foram consideradas como diferenças significativas estatisticamente através do p-value.
Descrição
Palavras-chave
Efeito da Idade Relativa , Futebol de Formação
Citação