Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/2416
Title: O grau de satisfação dos jovens/ adultos com deficiência mental num contexto sócio – profissional
Authors: Santos, Maria de Fátima da Silva
Advisor: Cruz, Eduardo Batista Chaves
Keywords: Deficientes mentais
Inserção profissional
Grau de satisfação
Contexto sócio-profissional
Issue Date: 2011
Abstract: O presente estudo aborda a temática do Grau de Satisfação dos Jovens/Adultos com Deficiência Mental num Contexto Sócio – Profissional. Reflecte a tentativa de identificar o grau de satisfação do jovem/adulto com Deficiência Mental, quanto à sua inserção num contexto Sócio – Profissional. Na tentativa de obter os dados necessários para cumprir o objectivo e as questões de investigação foram utilizadas entrevistas, aplicadas a 4 Jovens/Adultos (2 DML e 2 DMM), integrados no mercado de trabalho. Os Jovens/Adultos em estudo sentem-se felizes no local de trabalho (100%), o que confirma o facto de se sentirem satisfeitos e úteis. Referem ainda, com bastante relevância, que gostariam de permanecer a trabalhar no actual emprego, efectuando inclusive outras actividades. Pode concluir-se que o grau de satisfação destes Jovens/Adultos é elevado num contexto Sócio – Profissional (100%), verificando-se uma maior aceitação destes Jovens/Adultos com DM pelas entidades empregadoras. Os resultados obtidos com este estudo concederam também a possibilidade de se verificar que todos esses jovens (100%) têm um bom relacionamento com os colegas de trabalho, sendo mesmo notória a afeição, a inter-ajuda, quer dos colegas de trabalho, quer dos responsáveis pela entidade empregadora, com o indivíduo com deficiência. Cumprem com rigor o horário de trabalho, gostam muito das actividades que desenvolvem e consideram a renumeração aceitável. No que diz respeito às preferências pelas áreas de trabalho, 50% preferem a área de limpeza, 25% trabalho com fotocopiadoras e 25% servir à mesa. São de realçar algumas dificuldades manifestadas, nomeadamente, 50% (DMM), na organização de algumas tarefas, memorização a curto prazo e desconhecimento do dinheiro (não são totalmente autónomos e vivem com os pais); 25% (DML) apresentam dificuldade na passagem da roupa a ferro e dobragem da mesma, assim como alguma falta de concentração e 25% (DML) apresentam dificuldades na realização de alguns trocos e alguma falta de concentração. Apesar das limitações que apresentam, são capazes de realizar um trabalho num mundo real e tirar satisfação da riqueza fantástica da diversidade cultural, demonstrando assim um grau de satisfação das suas capacidades, competências e aceitação Profissional.
This study addresses the theme of Satisfaction of Young/Adults with intellectual disability in a social-professional context. It reflects the attempt to identify the degree of satisfaction of young/adult with mental deficiency, as to their inclusion in a social– professional context. In an attempt to obtain the necessary data to fulfill the purpose and the research questions, were applied interviews to 4 Young/Adult (2 DML and 2 DMM), integrated in the labor market. Young/Adult studied are happy at work (100%), which confirms the fact that they feel happy and useful. They also indicate with a high relevance, that they would like to stay working in their current job, even conducting other activities. It can be concluded that the degree of satisfaction of these Young/Adults is high in a social- professional context (100%), indicating a greater acceptance by employers of these Young/Adults with DM. The results of this study also granted the opportunity to verify that all these young people (100%) have a good relationship with co-workers, and even notorious affection, mutual help, both with coworkers or the responsible for the employer to the individual with disabilities. They comply with strict working hours, they like a lot of activities they develop and consider the renumbering acceptable. In what concerns preferences for work areas, 50% prefer the cleaning area, 25% work with copiers and 25% serve at the table. There are highlight some difficulties expressed, in particular, 50% (DMM), in the organization of some tasks, short term memory and not distinguish the money (are not fully autonomous and live with their parents), and 25% (DML) have difficulty in ironing and fold clothes, as well as a lack of concentration and 25% (DML) have difficulties in making the change with money and some lack of concentration. Despite their limitations they are able to do a job in the real world and take great satisfaction of the wealth of cultural diversity, thus demonstrating a degree of satisfaction of their abilities, skills and professional acceptance.
Description: Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação: Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor
URI: http://hdl.handle.net/10348/2416
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MsC_mfssantos.pdf
  Restricted Access
2,11 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.