Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/2920
Title: A utilidade do eletrocardiograma de 12 derivações no diagnóstico de dilatação das câmaras cardíacas esquerdas associada à doença mixomatosa da válvula mitral em cães
Authors: Pereira, Luís Pedro Vieira da Costa
Advisor: Queiroga, Felisbina Luísa
Lobo, Luís Lima
Keywords: Cães
Insuficiência cardíaca
Eletrocardiograma
Issue Date: 31-Jan-2014
Abstract: A doença mixomatosa da válvula mitral (DMVM) é a doença cardíaca mais comum na espécie canina, resultando na dilatação do átrio esquerdo (AE) e do ventrículo esquerdo (VE). O eletrocardiograma (ECG) pode ser utilizado como meio de diagnóstico do aumento destas câmaras. No entanto, em medicina veterinária é utilizado principalmente o sistema padrão de 6 derivações, que demonstra uma baixa sensibilidade no diagnóstico de dilatação do átrio e ventrículo esquerdos. Assim, foi objetivo deste estudo verificar se o ECG de 12 derivações representa alguma vantagem no diagnóstico destas alterações cardíacas. Neste estudo não se verificou uma diferença com significado estatístico entre o número de animais a que foi diagnosticado dilatação das câmaras cardíacas esquerdas recorrendo a qualquer um dos métodos. No entanto, o ECG de 12 derivações permitiu detetar 30 % dos animais com dilatação do AE em relação aos 15% dos detetados pelo ECG de 6 derivações e 75% dos animais com dilatação do VE recorrendo ao ECG de 12 derivações em comparação com os 50% detetados com o ECG de 6 derivações.
The myxomatous mitral valve disease (MMVD) is the most common cardiac disease in the canine specie, leading to left atrium (LA) and left ventricle (LV) dilatation. The electrocardiogram (ECG) can be used to diagnose the enlargement of these chambers. However, in veterinary medicine, the 6 Lead’s ECG system is the most commonly used, presenting a low diagnostic sensibility of the LA and LV dilatation. Because of that, the purpose of this study was to verify if the 12 lead’s ECG presents any advantage in this cardiac abnormalities diagnosis. It wasn’t verified any difference with statistical meaning between the number of animals diagnosed with left chambers dilation using any of both methods. However, the 12 lead’s ECG allowed to diagnose 30% of the animals with LA dilation comparing to just 15% of those diagnosed using the 6 lead’s ECG and 75% of the animals with LV dilatation with the 12 lead’s ECG while the 6 lead’s ECG allowed to diagnose just 50%.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária, Ciências Veterinárias
URI: http://hdl.handle.net/10348/2920
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_lpvcpereira.pdf1,8 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.