Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/3249
Title: Discurso jornalístico em períodos de mudança: o caso do Jornal de Notícias, de 1974 a 1976
Authors: Pinto, Ricardo Manuel Teixeira
Advisor: Morais, Maria da Felicidade Araújo
Sousa, Jorge Pedro
Keywords: Jornalismo
Ditadura
Democracia
JN
Revolução dos cravos
PREC
Influências político-partidárias
Issue Date: 7-Aug-2014
Abstract: A leitura de um jornal permite ao seu leitor manter-se informado acerca do que se passa a vários níveis, quer em termos nacionais, quer em termos internacionais. A presente dissertação de mestrado pretende mostrar que o jornal publicado é, também ele, elemento fundamental na reconstrução da história de um país, procurando dar-se resposta ao problema do conhecimento levantado na metodologia de investigação: Em que medida a hegemonia político-militar em Portugal no período de 1974 a 1976 condicionou o discurso jornalístico? O objeto de estudo do presente trabalho é o Jornal de Notícias. A partir da consulta dos jornais em arquivo e de relatos dos jornalistas do matutino, à época, procura-se caracterizar o contexto social, económico e político, compreendido entre o Estado Novo e o ano da realização das primeiras eleições constitucionais, em 1976. Para isso, foi constituída uma base de dados com recurso a jornais e a entrevistas que se encontram no acervo pessoal do autor. A dissertação encontra-se organizada em cinco capítulos. No primeiro começa-se por analisar a censura ao jornalismo durante o Estado Novo, na primeira fase com Oliveira Salazar, seguindo-se Marcelo Caetano. O segundo capítulo sintetiza os aspetos sociais, políticos e económicos vivenciados na fase de mudança, proporcionada pelo 25 de Abril de 1974. Seguidamente, o terceiro capítulo pretende caracterizar a imprensa escrita e o JN, em particular, nos meses que se seguiram à deposição do Regime até à entrada em vigor da Constituição de 1976. O quarto capítulo tem como objetivo a caracterização do(s) discurso(s) do matutino no pré e pós 25 de Abril, comparando a distribuição das secções no jornal, identificando os principais temas e géneros jornalísticos presentes, submetendo ao programa informático de análise estatística Tropes Semantic um corpus de textos jornalísticos. O último capítulo, Ruturas Ideológicas, pretende mostrar o modo como o diário portuense se foi posicionando ao longo da sua existência, e como a censura política foi dando lugar a uma censura económica, que determina o que é ou não publicado, de acordo com contextos externos.
Reading a newspaper allows the reader to remain informed about what is happening at various levels, either nationally or in international terms. This dissertation aims to show that the published newspaper is, also, a fundamental element in reconstructing the history of a country, while seeking to give a response to the problem of knowledge the research methodology brought about: To what extent did the political-military hegemony in Portugal of 1974-1976 condition media discourse? The study object of this work is the newspaper Jornal de Notícias. Taking research on newspapers in archive and reports from journalists of the daily publication, at the time, the social, economic and political context of the period between the Estado Novo and the year the country had its first constitutional elections in 1976 has been characterized. Thus, a database, using the newspapers and interviews from the author’s personal collection, was built. The dissertation is organized into five chapters. The first one examines censorship in journalism during the Estado Novo, starting with Oliveira Salazar and followed by Marcelo Caetano. The second chapter summarizes the social, political and economic aspects experienced with shift provided by 25 de Abril, 1974. Thereafter, the third chapter aims to characterize the printed press and the JN, in particular, in the months that followed the overthrow of the Regime until institutionalization of the 1976 Constitution. The fourth chapter aims at the characterization of the speech(es) of the morning newspaper before and after the 25 de Abril, comparing the distribution of the sections in the paper, identifying key themes and journalistic genre used, using the computerized statistical analysis program Tropes Semantic. The last chapter , Disruptions Ideological , aims to show how the daily newspaper from Oporto positioned itself throughout its existence, and how political censorship gave way to an economic censorship, that determines what is published or not, according to external context.
Description: Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação, Especialização em Jornalismo
URI: http://hdl.handle.net/10348/3249
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_Ricardo Manuel Teixeira Pinto.pdf
  Restricted Access
2,25 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.