Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/3279
Título: Vida material de desterro no século XIX: as louças do Palácio do Governo de Santa Catarina, Brasil
Autor: Soares, Fernanda Codevilla
Orientador: Coimbra, Fernando
Bastos, Rossano Lopes
Palavras-chave: Arqueologia
Brasil
Cultura material
Louças antigas
Data: 29-Ago-2014
Resumo: O Palácio Cruz e Souza localiza-se na Praça central de Florianópolis (atual Praça XV), foi projetado em 1750 pelo português José da Silva Paes, teve função de residência dos governadores do Estado de Santa Catarina até o ano de 1954 e, atualmente, abriga o Museu Histórico de Santa Catarina. Esta tese de doutorado aprofundará o estudo das louças recuperadas no quintal do Palácio, área que funcionou como lixeira doméstica até o último quartel do século XIX. O objetivo deste trabalho é compreender o modo de vida dos governadores de Santa Catarina com base na cultura material resgatada nesse sítio arqueológico, buscando compreender o significado desses artigos doméstico para os grupos sociais que os adquiriram, utilizaram, descartaram e, algumas vezes, reutilizaram. É importante frisar que apesar das louças serem o foco principal dessa pesquisa, tornou-se indispensável realizar o levantamento de informações em arquivos, relatórios de pesquisas e documentos históricos para melhor compreender o significado desses artefatos para os grupos sociais locais. Assim sendo, a pesquisa não se restringe unicamente a análise das louças, mas também às apreciações sobre o tipo de pesquisa de arqueologia histórica desenvolvida na capital catarinense, o contexto histórico de Desterro no século XIX e sobre os tipos de artefatos existentes nas residências da elite política local. O material arqueológico analisado totaliza 3408 fragmentos de louças, os mesmos foram classificados em fichas tipológicas, quantificados e interpretados. A pesquisa desenvolvida permitiu concluir que as louças, receberam uma atenção especial por parte dos governadores; seu significado está relacionado a demarcar limites sociais, demonstrar riqueza e atestam a formalidade com que as refeições eram praticadas no Palácio.
Cruz e Souza Palace is located in the central square of Florianopolis (Praça XV), was built in 1750 by the Portuguese Jose da Silva Paes, was the basis of residence of the governors of Santa Catarina State by the year 1954, now houses the Museum History of Santa Catarina. This thesis will deepen the study of pottery excavated in the courtyard of the Palace, an area that functioned as domestic trash until the last quarter of the nineteenth century. The aim of this study is to understand the lifestyle of the governors of Santa Catarina based material culture rescued this archaeological site, trying to understand the meaning of these articles for domestic social groups that purchased, used, discarded and sometimes reused. Importantly, despite the dishes being the main focus of this research, it became essential to make the information survey on archives, research reports and historical documents to better understand the significance of these artifacts to the local social groups. Therefore, research is not restricted solely to the analysis of pottery, but also on the assessments of the kind of research of historical archeology developed in Santa Catarina state capital, the historical context of the nineteenth century and about the types of artifacts existing in the homes of the elite local politics. The archaeological material analyzed a total of 3408 fragments, they were classified into chips typological, quantified and interpreted. The research undertaken shows that the dishes were given special attention by the governors, which was meant to demarcate their social boundaries and enhance the social status to the group of traders emerging in the second half of the nineteenth century.
Descrição: Tese de Doutoramento em Quaternário, Materiais e Cultura
URI: http://hdl.handle.net/10348/3279
Tipo de Documento: Tese de Doutoramento
Aparece nas colecções:OLD - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
phd_fcsoares.pdf10,77 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.