Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/5955
Title: Avaliação do temperamento de ovelhas das raças Ile-de-France e Churra da Terra Quente: respostas do comportamento e do nível de cortisol num teste de arena
Authors: Almeida, Mariana Dantas de Brito
Advisor: Silva, Severiano José Cruz da Rocha e
Keywords: Ovino
Raça Churra da Terra Quente
Raça Ile-de-France
Temperamento
Locomoção
Comportamento
Hidrocortisona
Maneio de gado
Issue Date: 23-May-2016
Abstract: O conhecimento do temperamento dos animais de produção contribui para melhorar o maneio mas também para a seleção dos mesmos. O temperamento pode ter influência em fatores reprodutivos – conduta maternal, desenvolvimento do feto – mas também em fatores produtivos – ganho médio diário, produção de leite, produção de carne. Existem vários testes de temperamento, sendo o teste da arena com operador estático um dos mais utilizados em ovinos. Com este estudo pretende-se comprovar a existência de diferenças de temperamento entre ovinos das raças Churra da Terra Quente (CTQ) e Ile-de-France (IF). É colocada a hipótese de que os IF são mais nervosos. Neste estudo foram utilizados 10 ovinos, 5 da raça CTQ e 5 da raça IF. Foram realizados testes a 4 animais de cada raça e recolha de sangue a 3. O teste utilizado foi o acima mencionado. O operador permaneceu estático durante 10 minutos, numa arena, e foram gravados os comportamentos do animal. A análise estatística revelou diferenças significativas (P < 0,05) na atividade locomotora dos animais, sendo os IF mais ativos (2,86 mmin-1 vs 2,31 mmin-1). Os ovinos IF também demonstram uma maior atividade comportamental através de um maior número de vocalizações altas e uma menor reticência em vocalizar alto pela primeira vez (48 vs 18 e 0,642 vs 4,9; P < 0,05, respetivamente para IF e CTQ). A análise dos níveis de cortisol corroboram os resultados obtidos na análise dos comportamentos, tendo sido encontrados valores superiores nos ovinos IF (2,603 μg dL-1 vs 2,096 μg dL-1; P < 0,05). Não foram encontradas diferenças significativas nas recolhas anteriores ao teste mas na recolha posterior, os animais IF apresentam valores superiores (4,128 μg dL-1 vs 3,239 μg dL-1; P < 0,05), ou seja, o teste permite estabelecer diferenças entre as duas raças. Estes resultados demonstram que o teste de arena com operador estático pode ser um procedimento simples que permite avaliar o temperamento de ovinos.
The knowledge of temperament in farm animal species contributes for a better management and for better animal selection. Temperament can influence reproduction traits – maternal behavior, pregnancy development – but also productive traits – average gain, milk production, meat production and respective quality. There are many temperament tests, but the arena test with a static operator, is one of the most reliable for sheep. In this study it was hypothesized that there are differences in temperament between Churra da Terra Quente (CTQ) and Ile-de-France (IF) sheep, the last being more nervous, and that the animals undergo some habituation to the test. Ten adult sheep, 5 CTQ and 5 IF, were used in this study. 4 animals of each breed were submitted to test and 3 of these undergo blood sampling. The arena test mentioned above was performed. The operator was static for 10 minutes, in closed indoors, and the animal behavior was filmed. The statistical analyses revealed significant differences (P < 0.05) in locomotor activity, the IF being more active (2.86 m min-1 vs 2.31m min-1). IF sheep also show an increased activity through an higher number of loud bleats and a lower latency in bleating for the first time (48 vs 18 and 0.642 vs 4.9; P < 0.05, respectively for IF and CTQ). The cortisol analyses are consistent with the other studies, the IF sheep having higher values (2.603 μg dL-1 vs 2.096 μg dL-1; P < 0.05). There were no significant differences between the two breed previous to the test but after the test the IF sheep had higher cortisol values (4.128 μg dL-1 vs 3.239 μg dL-1), meaning that the test allows to establish differences between breeds. These results demonstrate that the arena test with a static operator can be a simple procedure, capable for evaluating sheep temperament.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica
URI: http://hdl.handle.net/10348/5955
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_mdbalmeida.pdf880,77 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.