Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8525
Title: As redes sociais e a comunicação social: as redes moldam os media?
Authors: Fernandes, Bruno Micael Costa
Advisor: Aroso, Inês Mendes Moreira
Keywords: redes sociais
jornalismo
Issue Date: 14-Feb-2018
Abstract: O objeto de estudo desta investigação são as redes sociais como fontes de informação. O objetivo foi perceber se, de facto, as redes sociais são usadas como fontes de informação para a escrita de artigos noticiosos e de que forma é que estas estão a moldar a forma como a recolha de informação é realizada. Esta investigação analisou o um total de 628 partilhas realizadas nas páginas dos OCS (Órgãos de Comunicação Social) portugueses Correio da Manhã, Jornal de Notícias, Expresso, Público, Sábado, Blitz e Lux e dos OCS estrangeiros BFM TV e Canal 24 Horas na rede social Facebook entre dos dias 25 e 30 de setembro de 2017. As partilhas foram classificadas de forma temática e se a fonte era ou não uma rede social, para além de outros aspetos como o número de partilhas, reações e comentários. Percebeu-se que o número de partilhas cujos artigos têm como fonte uma rede social tem um valor residual no manancial de informação que os OCS analisados oferecem, mas não deixa de ser preocupante que os jornalistas recorram apenas e só às redes sociais para escrita de alguns temas.
The study object of this investigation are the social networks as sources. The main objective was to perceive if social networks are used, in fact, as sources of information to write news articles and in what way these networks are changing the way how the information collection is carried out. This research analysed a total of 628 shares made in the pages of Portuguese media like Correio da Manhã, Jornal de Notícias, Expresso, Público, Sábado, Blitz and Lux and foreign media like BFM TV and Canal 24 Horas, in Facebook between September 25th and September 30th 2007. All links were classified by theme and if the source was a social network, besides other aspects like the number of shares, reactions and comments. The conclusion is that the number of shares whose articles had as source a social network have a residual value in the elevated number of the analysed offer of media. However, it’s worrying that journalists use only social networks to write about some areas.
URI: http://hdl.handle.net/10348/8525
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DLAC - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf1,83 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.